Campus da Uepa em Santarém antecipa outorga de grau do curso de Enfermagem

Objetivo foi entregar novos profissionais da área da saúde para o combate ao novo coronavírus nos municípios do interior do Estado

17/06/2020 17h52 - Atualizada em 17/06/2020 19h53
Por Daniel Leite Júnior (UEPA)

Diplomas foram entregues para 11 discentes. Cerimônia cumpriu todas as normas sanitárias determinadas pela OMSA Universidade do Estado do Pará (Uepa) expandiu para os alunos de Enfermagem do município de Santarém a antecipação da entrega de diplomas aos concluintes de cursos da área da saúde. Após integralizarem o currículo, eles receberam o diploma de conclusão nesta quarta-feira (17) e na última segunda (15), no auditório do Campus XII. A antecipação cumpre a Medida Provisória nº 934, do Governo Federal, por meio do Ministério da Educação (MEC).

“Atendendo à Medida Provisória referente à formação antecipada de alunos da Enfermagem, a Uepa cumpre sua responsabilidade social para o desenvolvimento sustentável da Amazônia e a formação antecipada está comprometida com a humanização do atendimento ao ser humano e sociedade no contexto da pandemia”, afirmou a coordenadora do Campus XII da Uepa, em Santarém, Sheyla de Oliveira.

A outorga de grau foi para 11 discentes, que cumpriram todas as normas sanitárias de biossegurança determinadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O objetivo foi entregar novos profissionais da área da saúde para o combate na linha de frente contra a expansão da Covid-19 nos municípios do interior do Estado.

“O cenário de pandemia vivenciado atualmente exigiu que algumas medidas pudessem ser realizadas e a antecipação oportuniza ainda mais profissionais da enfermagem para nossa região” - Franciane de Paula Fernandes, coordenadora adjunta do Curso de Enfermagem do Campus XII.

Para os novos profissionais, a festa da formatura é poder vestir o jaleco e atuar no bem-estar da comunidade paraensePara os alunos, a festa da formatura é poder vestir o jaleco e atuar no bem-estar da comunidade paraense. “A Uepa nos preparou durante quase cinco anos, com práticas pedagógicas ativas e voltadas para várias realidades, então antecipar a colação de grau também foi dar uma devolutiva à comunidade, de que 'sim' chegou o momento de desempenharmos, como enfermeiros, nossa função, na realidade em que estamos atualmente. Isso, não só aqui em Santarém, mas também em Altamira, Castanhal, Oriximiná e Monte Alegre, com o retorno dos colegas às suas cidades. Agora, somos 11 enfermeiros formados, necessários e em constante capacitação profissional, entregues ao estado do Pará”, disse a recém-formada em Enfermagem, Marlyara Sampaio.

A acadêmica Nayanne Fernanda outorgou grau no último dia 10, na Escola da Enfermagem, por residir na área metropolitana de Belém. Ela acredita que, no cenário atual, toda ajuda é bem-vinda e a antecipação foi justamente para agregar novos profissionais para atuar na linha de frente contra a Covid-19.

“É uma questão complicada pois, como acadêmicos, tínhamos planos e etapas a serem cumpridas até chegar ao ponto de sermos inseridos no mercado de trabalho. Mas diante de uma pandemia, entendemos que a Universidade e os conselhos federais viram como melhor opção. Nós, acadêmicos, estamos muito felizes, apesar do pequeno susto, temos certeza que a Uepa forma ótimos profissionais e faremos jus a este título”, ponderou a agora enfermeira, Nayanne da Silva.