Estado do Pará mantém a marca de 1 milhão de turistas em 2019

Pesquisa anual realizada pela Setur mostra ainda mais de R$ 720 milhões gerados com a atividade

10/06/2020 15h25 - Atualizada em 10/06/2020 18h00
Por Israel Pegado (SETUR)

Praia da cidade de Conceição do Araguaia, no sudeste do EstadoPelo sexto ano consecutivo, o Pará alcançou a marca de 1 milhão de turistas e mais de R$ 720 milhões gerados com a atividade no Estado, em 2019. Os números mostram que o trabalho desenvolvido no exterior, com projetos e campanha de incentivo ao turismo paraense, colaborações com as prefeituras e com comunicadores deram resultados. Os dados são da pesquisa anual realizada em parceria pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos do Pará (Dieese-PA) e Secretaria de Estado de Turismo (Setur).

Os dados são positivos: o Pará obteve uma alta de 1% no número de turistas internacionais. Dos 1.043.046 que visitaram o Estado no ano passado, 922.600 são turistas nacionais e 120.806 estrangeiros, obtendo um crescimento total de 1,8%.

Pará recebeu 1.043.046 de turistas no ano passado

"O ano de 2019 foi muito importante para o turismo no Pará, nós conseguimos avançar em muitas frentes. Trabalhamos juntos com as prefeituras municipais para redesenhar o mapa do turismo no Estado. Trabalhamos com a promoção de uma forma muito intensa para levar o Pará para o Brasil e para o mundo. Fizemos uma série de novas ações, o que fez com que o fluxo turístico no Estado crescesse e tendesse ainda mais a esse crescimento" - André Dias, titular da Setur.

Movimentação de Passageiros

O Estado registrou um crescimento de 6,2% no número de voos domésticos. Foram 4.450.929 nacionais, com destaque para Carajás, que registrou alta de 49% em relação ao ano passado. Os voos internacionais tiveram uma queda de 1,5%. Segundo o coordenador de Estatísticas, Pesquisas e Informações da Setur, Admilson Alcântara, essa pequena redução não é ruim, já que, assim como nos principais aeroportos no Brasil e do mundo, nos últimos anos, o movimento operacional no Pará tem se recuperado.

Estado registrou um crescimento de 6,2% no número de voos domésticos"Nos últimos cinco anos, nós praticamente dobramos esse volume, chegamos agora em torno de 170 mil passageiros no internacional. Nós tivemos uma variação de 171 mil (2018) para 169 mil (2019), mas é importante entender que esse valor está próximo de 170 mil, que há alguns anos era em torno de 100 mil. É Importante lembrar também que os turistas internacional, na maioria das vezes, chegam por voos que passam por Brasília, São Paulo ou Rio de Janeiro. Mas no geral, nós podemos considerar que o movimento internacional de passageiros é bom", explica Admilson Alcântara.

O coordenador destaca que a implantação de voos internacionais, que ligam Belém direto a países importantes do turismo, é relevante para o movimento operacional internacional. E que o crescimento dos voos domésticos é muito bom. Além disso, em 2018, o setor do turismo gerou 18.978 empregos formais no Pará.

André Dias, titular da SeturO secretário André Dias ainda destaca que o trabalho intenso desenvolvido em 2019 dá segurança para a retomada das atividades.

"Nós marcamos presença em Portugal, falamos dos produtos turísticos paraenses no mercado americano – apresentando o que o Pará tem de melhor. Tivemos a participação excelente no Círio, recebemos os cruzeiristas de uma forma totalmente especial. Infelizmente, o impacto da pandemia da Covid-19 no turismo veio para frear esse crescimento no ano de 2020, mas por causa desse trabalho, eu tenho a segurança de que nós vamos poder retomar as atividades com mais força, com mais planejamento e com uma presença mais forte nos mercados", garante o titular da pasta. 

*Texto com a colaboração de Aila Beatriz Inete.