Ação Itinerante leva assistência à população com sintomas da Covid-19

29/05/2020 20h06 - Atualizada em 30/05/2020 13h59
Por Lilian Guedes (SEDUC)

Como parte das ações de prevenção à Covid-19, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) inicia, neste sábado (30), o projeto “Ação Itinerante”, nos bairros da Pedreira e Guamá, em Belém, e Centro, em Ananindeua. O atendimento médico, no horário das 8h30 às 17h30, é destinado às pessoas com sintomas leves e moderados da doença, em unidades móveis que permanecerão durante quatro dias em cada localidade.

Os pacientes passarão por triagem e, após avaliação médica, receberão os medicamentos recomendados aos pacientes com diagnóstico do novo coronavírus, bem como orientação e máscaras de proteção. O atendimento é baseado no quantitativo de casos de Covid-19 registrados nos bairros. As unidades móveis serão instaladas em escolas estaduais e seguirão a mesma estratégia de assistência adotada pelo Hospital Abelardo Santos, referência no atendimento de pacientes com Covid-19. 

A coordenadora geral do programa, Alessandra Amaral, diz que é preciso agir com eficácia e agilidade para tentar diminuir os indicadores de disseminação do vírus. “O intuito é percorrer os bairros onde há maior incidência da doença e atender o maior número de pessoas, para que consigamos conter o avanço do novo coronavírus. O trabalho integrado levará à população o atendimento humanizado semelhante ao que é prestado no Abelardo Santos”. 

O programa tem apoio da Fundação ParaPaz, Polícia Militar, Secretarias de Estado de Educação (Seduc), Planejamento e Administração (Seplad) e de Articulação da Cidadania (Seac) e Ouvidoria Geral do Estado (OGE).

Serviço: A “Ação Itinerante” estará nos seguintes locais neste sábado (30): Escola Estadual Salesiana do Trabalho (Pedreira), Escola Estadual Alexandre Zacarias de Assunção (Guamá) e Escola Walter Bezerra Falcão (Ananindeua).