No primeiro dia sem lockdown, Pará fica em 12º lugar no ranking de isolamento social

Piores índices foram registrados nos municípios de Sapucaia (25,6%), Nova Ipixuna (29,4%) e Palestina do Pará (31,6%)

26/05/2020 12h27 - Atualizada em 26/05/2020 13h04
Por Laís Menezes (SESPA)

Nesta segunda-feira (25), primeiro dia após o fim do lockdown, o Pará registrou índice de isolamento social de 43,53%, ficando em 12º lugar no ranking nacional. Os dados foram divulgados pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), por meio da Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac).

O secretário de Segurança Pública, Ualame Machado, alerta que a população deve continuar os cuidados. “Após o fim do lockdown, o Pará caiu várias posições, ficando com um percentual de isolamento muito parecido com o que tínhamos em março e no início de abril, quando as medidas não eram tão restritivas. Mais uma vez está provado que conseguimos ter o aumento de isolamento com o lockdown, quando ficamos acima de 50% e agora caímos para 43%. A população precisa compreender que o fim do decreto não significa o fim do isolamento social, é preciso manter o isolamento para que não haja um novo pico de contaminação do coronavírus, disseminação pros interiores, e precisemos retornar com medidas mais restritivas”, explicou.

Municípios – De acordo com o levantamento, ao analisar as cidades paraenses, os três melhores índices de isolamento foram nos municípios de Chaves (72,5%), Cachoeira do Piriá (62,4%) e Anajás (60,4%). Já os municípios que mais desobedeceram a recomendação de ficar em casa, registrando um baixo índice de isolamento, foram: Sapucaia (25,6%), Nova Ipixuna (29,4%) e Palestina do Pará (31,6%). 

Na capital paraense e em Ananindeua foram registrados respectivamente 45,2% e 43,1%.

Em Belém, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram: Batista Campos (58,4%), Val-de-Cães (57,4%) e Mangueirão (57,3%). Já os piores foram: Curió-Utinga (12%), Aeroporto (25,6%) e Carananduba (27,3%).

Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Distrito Industrial (55%), Julia Seffer (53%) e Cidade Nova VI (51,1%). Já as piores taxas observadas foram nos bairros Águas Brancas (34,3%), Aurá (34,3%) e Águas Lindas (36,7%).

Nas cidades de Cametá e Abaetetuba, onde estão mantidos o lockdown por decreto municipal, os índices de isolamento foram de 46,1% e 49,3%, respectivamente.

A porcentagem de isolamento dos 144 municípios paraenses e o monitoramento completo estão disponíveis em um espaço exclusivo sobre os índices no site da Segup.

Índices de isolamento por bairro em Belém na segunda-feira (25):

Melhores: Batista Campos (58,4%), Val-de-Cães (57,4%) e Mangueirão (57,3%) 

Piores: Curió-Utinga (12%), Aeroporto (25,6%), Carananduba (27,3%).

Índices de isolamento por bairro em Ananindeua na segunda-feira (25):

Melhores: Distrito Industrial (55%), Julia Seffer (53%) e Cidade Nova VI (51,1%)

Piores: Águas Brancas (34,3%), Aurá (34,3%) e Águas Lindas (36,7%).