Doação da Receita Federal ao Governo do Estado vai garantir a produção de máscaras e EPIs no Pará

13/05/2020 17h19 - Atualizada em 14/05/2020 08h27
Por Ronan Frias (COHAB)

Máscaras serão doadas aos profissionais de saúde e da segurança públicaApós receber a doação de cerca de 16 toneladas de tecido da Receita Federal, obtidas após fiscalização do fisco federal, o Governo do Pará irá produzir Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Entre eles, 50 mil máscaras de proteção que serão  doadas aos profissionais de saúde e da segurança pública que atuam no combate à pandemia do novo coronavírus.

A carga foi entregue esta semana na Fábrica Esperança, onde foi identificado que o tecido, tipo TNT, possui três gramaturas distintas, sendo elas: 12, 40 e 100. As máscaras serão produzidas com os lotes de gramatura 40. As equipes de produção também estudam a possibilidade de criação de outros EPIs com o material doado, como macacão descartável.

“Com essa doação, o custo de produção das máscaras diminui bastante para o Governo do Pará. Além disso, a ação em conjunto entre os órgãos, mostra a sinergia do Estado com a Receita Federal no combate a covid-19”, avalia Adler Silveira, titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia.

Artur Jasen, diretor da Fábrica Esperança, avalia que as doações ajudam na aquisição dos insumos que são usados para produzir equipamentos de proteção. “Alguns materiais como o tecido que foi doado, estão em falta no mercado ou são encontrados com dificuldade, e isso nos auxiliou muito”, comentou.

Ao todo, 300 mil máscaras já foram confeccionadas pela Fábrica Esperança desde o início da produção, no final de abril. O trabalho é feito por cerca de 30 egressos do sistema prisional encaminhados por meio de uma chamada pública.