Condutores de ambulância da Seap são capacitados para transporte de doentes

Mesmo sem registrar nenhum caso de Covid-19 nas unidades prisionais, a Seap resolveu preparar a equipe para emergências

03/04/2020 20h34 - Atualizada em 04/04/2020 00h23
Por Vanessa Van Rooijen (SEAP)

Para ampliar a qualificação dos profissionais que estão trabalhando no combate ao novo Coronavírus, o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), em parceria com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), promoveu a capacitação dos condutores de ambulâncias do sistema penitenciário, enfatizando as medidas necessárias no transporte de internos com a Covid-19. O curso foi ministrado nesta sexta-feira (3), no Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Ananindeua na (Região Metropolitana de Belém).A capacitação incluiu atividades teóricas e práticas para 48 condutores

A capacitação envolveu 48 motoristas, em atividades teóricas e práticas. De acordo com a coordenadora de Saúde Prisional, EdleneKely Seabra, não há casos de custodiados com a doença nas unidades, mas é preciso que os servidores estejam preparados para qualquer situação. "Se houver casos, já estamos preparados. Nós temos seis viaturas de suporte básico, que poderemos usar como transporte avançado. Além da equipe de saúde, os que transportam precisam estar com a biossegurança, equipados e prontos", ressaltou.A iniciativa preparou os condutores para um possível transporte de detento com a Covid-19

Segundo enfermeiro Odicleber Lobato, do Samu, a capacitação é fundamental para o enfrentamento da pandemia. "Foi muito proveitoso. Foram feitas discussões amplas, quando os servidores puderam expor e esclarecer suas dúvidas. A partir dessa capacitação, que possamos somar forças para garantir assistência e métodos de barreira à transmissibilidade da Covid-19", afirmou.