Casas penais recebem rondas diárias do Comando de Operações Penitenciárias

Até agora 24 unidades prisionais foram alcançadas, sem nenhum registro de ocorrências

24/03/2020 22h50 - Atualizada em 25/03/2020 09h22
Por Vanessa Van Rooijen (SEAP)

Agentes prisionais e policiais militares do Comando de Operações Penitenciárias (COPE) estão realizando rondas diárias nas unidades prisionais da Região Metropolitana de Belém (RMB) e do interior do Estado. O objetivo é manter a ordem dentro do cárcere e aumentar a ostensividade no sistema prisional paraense.

A ação coordenada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) já realizou rondas em 24 casas penais. No interior do estado, o trabalho alcançou 11 unidades, como Marabá, Santarém, Redenção, Abaetetuba, Itaituba e Altamira. Nesses locais, nenhuma alteração foi registrada. Em caso de alguma situação fora da normalidade, o COPE inicia a implantação de procedimento e realiza revistas nas unidades prisionais.

"Verificamos se os procedimentos estão em dia, mantendo a ordem dentro do cárcere. No interior do estado, estamos fazendo rondas dioturnamente. Com essas ações, o cárcere se mantém dentro da normalidade, assim como todas as 24 unidades das quais fizemos rondas", explica o comandante do COPE, ten. cel. Vicente Neto.

De acordo com o secretário de Estado de Administração Penitenciária, Jarbas Vasconcelos, os resultados do COPE são positivos e demonstram a força do sistema prisional paraense. "O Comando, além de executar a implantação de procedimentos, tem papel fundamental para o controle da rotina operacional no sistema penitenciário, para que os protocolos sejam realmente observados e permaneçam estritamente de acordo com o que temos implantado. Vinte e quatro casas penais sem alterações ou objetos ilícitos comprovam as ações de revistas promovidas pelo Estado”, afirma.