Após ampla reforma, governo libera Terminal Hidroviário de Limoeiro do Ajuru

Com investimento superior a R$ 1,4 milhão, o terminal também será um ponto de prevenção ao novo Coronavírus na região

20/03/2020 22h57 - Atualizada em 21/03/2020 09h59
Por Bruno Magno (CPH)

O novo terminal em Limoeiro melhora as condições de transporte na regiãoCom a reforma e adequação concluídas, o Terminal Hidroviário de Passageiros e Cargas de Limoeiro do Ajuru, município do Baixo Tocantins, foi liberado para operações na sexta-feira (20) pelo governador do Pará, Helder Barbalho. A medida atende a um pedido do prefeito de Limoeiro, Carlos Ernesto Silva, que vai criar um centro de monitoramento de embarque e desembarque de passageiros para prevenir o contágio pelo novo Coronavírus na região. A obra é um investimento superior a R$ 1,4 milhão - recursos do governo do Estado. Além de se juntar aos esforços para conter o avanço da Covid-19 no Pará, o novo terminal vai mudar a realidade dos moradores do município, cujo meio de transporte mais utilizado é o hidroviário.

"O governador Helder Barbalho acionou a Companhia de Portos e Hidrovias do Estado do Pará (CPH) e autorizou o início das operações no Terminal Hidroviário de Limoeiro do Ajuru, que ficou pronto esta semana após uma reforma completa. O terminal ganhou rampa metálica articulada, flutuante e toda a infraestrutura necessária para dar conforto aos usuários. A medida foi tomada para que a Prefeitura Municipal pudesse ter mais controle sobre o embarque e desembarque dos passageiros para evitar o contágio pelo Coronavírus, já que os mesmos passavam por espaços inadequados e que comprometiam a segurança", explicou Abraão Benassuly, presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Estado do Pará.O terminal ganhou nova estrutura para oferecer comodidade e segurança aos usuários

Estrutura - O projeto de reforma foi retomado no início de 2019 e compreendeu a instalação de rampa articulada para acesso ao flutuante principal; pintura geral; revisão e recuperação de instalações elétricas, hidrossanitárias e da cobertura do espaço. O terminal também passa a dispor de novo mobiliário para a sala de espera, bebedouro, televisor, comunicação visual, paisagismo, extintores de incêndio, guichês para vendas de passagens e salas para órgãos oficiais do Estado, como Polícia Militar e Fundação ParáPaz, além do Conselho Tutelar. A reforma e adequação atenderam aos padrões estabelecidos pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

O município de Limoeiro do Ajuru fica a 287 quilômetros de Belém e tem quase 29 mil habitantes. As principais atividades econômicas são agricultura, pesca e comércio. O novo terminal também vai ajudar a escoar a produção de açaí do município.

Com o repasse da obra, o Terminal Hidroviário de Passageiros e Cargas de Limoeiro do Ajuru passa a ser administrado pela Prefeitura local.