Governo trabalha para reduzir alagamento na BR-316, em Ananindeua

Intervenção é no KM-9 próximo a Avenida Independência

11/03/2020 16h35 - Atualizada em 12/03/2020 10h03
Por Michelle Daniel (NGTM)

Para reduzir os alagamentos nos primeiros quilômetros da BR-316, principalmente no KM-9, próximo a Avenida Independência, o Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM) realiza, desde a terça-feira (10), serviços emergenciais de dragagem e limpeza de bueiros e canais na área. O trabalho é feito às margens da rodovia e, como resultado dos serviços, a chuva desta quarta-feira não provocou alagamento no trecho.

De acordo com o diretor-geral do NGTM, engenheiro Eduardo Ribeiro, foi retirado bastante lixo acumulado de dentro dos bueiros e canais que atravessam a rodovia e que obstruíam o fluxo da água do igarapé Toras, localizado na travessia conhecida por “Pato Macho”, no limite dos municípios de Ananindeua e Marituba.

Também foi desenvolvido um trabalho com mergulhadores na travessia do “Pato Macho” para identificar os problemas que impediam o fluxo da água. “A dragagem dos bueiros foi a intervenção mais eficaz para desobstruir a tubulação e assegurar a fluidez no trânsito”, garante Ribeiro. Os trabalhos continuam no local por etapas e estão sendo acompanhados pela diretoria do NGTM.

A medida executada é emergencial, porém, dentro das Obras da BR-316, o NGTM fará a substituição da rede de drenagem ao longo dos primeiros 10,8 km da rodovia, do Entroncamento até Marituba, com o intuito de solucionar o problema de alagamento na via e, especificamente, na altura do KM-9, onde será feita a elevação do nível da pista.