TerPaz: Secom promove programação para mulheres durante o mês de março

Pela primeira vez, atividades também serão levadas para o interior do Estado, em uma parceria com a EGPA

02/03/2020 10h06 - Atualizada em 02/03/2020 11h50
Por Ronald Sales (SECOM)

Tema central será o empreendedorismo na periferiaPara fortalecer e democratizar a comunicação pública e trabalhar conceitos fundamentais, como cidadania, mobilização social e comunidade, o Programa Territórios pela Paz (TerPaz), por meio da Secretaria de Comunicação do Estado (Secom), promove uma grande programação voltada para as mulheres, durante todo o mês de março. O tema central será o empreendedorismo na periferia.

A primeira atividade ocorre na tarde desta segunda-feira (2), no bairro do Guamá, no polo do ParáPaz, com uma roda de conversa com os Coletivos Manas e Cidade em Frestas, projetos independentes que, por meio de diversas linguagens visuais (cinema, fotografia e moda), mostram como trabalhar a arte e garantir uma fonte de renda. A experiência na criação de uma rede de empreendedoras mulheres será a tônica do bate-papo.

No próximo dia 7, na Cabanagem, e no dia 21, na Terra Firme, a Ação Cidadania e uma roda de conversa fazem o encontro sobre "Mulheres Empoderadas”, parceria da Secom com a Secretaria de Estado de Cultura (Secult). O Icuí, em Ananindeua, será beneficiado com roda de conversa e oficina de jornalismo com a jornalista Lorena Esteves, de 9 a 13 deste mês.

A volta ao bairro da Cabanagem será entre os dias 16 e 20, também com uma roda de conversa sobre empreendedorismo feminino e Oficina de Marketing Digital com a publicitária Carol Barata.

Interiorização

Graças à parceria com a Escola de Governança do Estado do Pará (EGPA), que trabalha a capacitação, qualificação e desenvolvimento de recursos humanos da administração pública, a Secom promove, neste mês, a primeira ação de interiorização do projeto de comunicação comunitária, levando oficinas de Fotografia e Assessoria de Imprensa aos municípios de Soure e Salvaterra (entre os dias 16 e 20) e ao Acará (no período de 23 a 27).

Segundo o diretor de Comunicação Popular e Comunitária da Secom, Luiz Carlos Santos, o objetivo das ações, em Belém e nos municípios do interior, é alcançar cada vez mais as comunidades, levando, sobretudo, oportunidades de construção de narrativas próprias e protagonismo. “A comunicação popular e comunitária é uma das diretrizes da Secom, que podemos concretizar agora com o TerPaz e nas ações de interiorização”, explica.

TerPaz

O Programa Territórios pela Paz é a articulação de políticas de segurança e sociais que busca atingir as causas que levam à violência, por meio de estratégias e ações transversais dirigidas à conquista da cidadania e a criação de territórios socialmente mais justos e dotados de qualidade de vida mais adequada.

A primeira fase do programa foi lançada em junho de 2019, com o objetivo de oferecer ações de segurança pública e ações de cidadania em sete bairros da Região Metropolitana de Belém: Guamá, Terra Firme, Benguí, Jurunas, Cabanagem, Icuí-Guajará (Ananindeua) e Nova União (Marituba).

Serviço:

As inscrições para as oficinas podem ser feitas no site da Secom. Nos bairros do Guamá e Cabanagem, também é possível se inscrever presencialmente no dia das rodas de conversa. Todas as atividades são gratuitas.