Arcon intensifica fiscalização e orienta usuários em portos e terminais

Equipes do órgão atuam nos principais municípios paraenses neste Carnaval

24/02/2020 15h23 - Atualizada em 24/02/2020 19h40
Por Cybele Puget (ARCON)

A Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon-PA) cumpre uma escala especial de fiscalização neste período do Carnaval, que se estende até a próxima quarta-feira (26). As equipes técnicas de Fiscalização e da Ouvidoria percorrem os principais portos e terminais rodoviários e hidroviários do Estado para garantir a segurança dos usuários que estão viajando nestes dias de folia.

A ação está sendo realizada de forma integrada com as Polícias Rodoviária Estadual e Federal, com ponto de apoio no posto de Benevides, na BR-316 (km 21). Uma equipe volante de fiscais também percorre os municípios de maior movimentação neste feriado de Carnaval, dentre eles, Cametá.

O diretor de Fiscalização da Arcon, Ivan Bernaldo, lembra que, desde a última sexta-feira (21), fiscais do grupo técnico rodoviário e hidroviário da Arcon atuam em todo o Estado, e um dos pontos que merece atenção é a travessia de balsas no Rio Meruú, em Igarapé-Miri.

"Os fiscais abordam motoristas para conferir documentação e observam as condições dos veículos, dentre outros itens, para que o usuário faça uma viagem tranquila. O município de Cametá é um dos locais mais procurados pelo paraense para brincar o Carnaval, por isso estamos com equipe no local" - Ivan Bernaldo, diretor de Fiscalização da Arcon.

Durante as atividades estão sendo distribuídos panfletos explicativos sobre os direitos e deveres dos passageiros nas viagens intermunicipais. O gerente da Ouvidoria da Arcon-PA, Edmilson Souza, explica que o objetivo da ação é conscientizar os usuários a denunciar qualquer irregularidade identificada. “Conhecendo os seus direitos, o passageiro evita transtornos e garante uma viagem com maior tranquilidade e segurança, na ida e volta do feriado, evitando contratempos”, afirma Edmilson.    

Os usuários que se sentirem lesados podem acionar a equipe de fiscalização, presencialmente, nos postos da Ouvidoria da Arcon, localizados no terminal rodoviário e no hidroviário de Belém, ou pelo número 0800 91 17 17 e pelo e-mail ouvidoria@arcon.pa.gov.br.