Segup constata redução de homicídios e furtos no Pré-Carnaval de Belém

As ações, que mobilizam quase 300 agentes de segurança pública, começaram a ser planejadas no ano passado com participação da comunidade

18/02/2020 23h50 - Atualizada em 19/02/2020 01h09
Por Aline Saavedra (SEGUP)

As ações integradas de policiamento coordenadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), durante a operação Pré-Carnaval em Belém, resultaram na redução dos índices de criminalidade, ao comparar o mesmo período de 2019 a 2020. As maiores reduções foram alcançadas nos crimes de homicídio (100%) e furto (33,92%). Os dados foram divulgados nesta terça-feira (18), pela Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal da Segup.

O trabalho conjunto vem obtendo êxito na garantia de segurança para a populaçãoOs dados foram consolidados levando em consideração as ocorrências registradas na unidade de polícia no bairro da Cidade Velha, aos sábados e domingos, no ano passado e em 2020, nos períodos de 26 de janeiro a 24 de fevereiro, e 11 de janeiro a 09 de fevereiro.

O principal objetivo da Operação Pré-Carnaval foi garantir mais segurança e tranquilidade aos brincantes e moradores do entorno. São mobilizados aproximadamente 300 agentes de segurança e 60 viaturas (de duas e quatro rodas).

Preparação - De acordo com o secretário adjunto de Operações da Segup, Rômulo Rodovalho, a preparação para a operação Pré-Carnaval 2020 foi iniciada ainda no ano passado, com reuniões entre representantes de todas as forças de segurança e mobilidade, além de moradores do entorno do evento, a fim de aplicar as atividades que deram bons resultados no ano anterior e aprimorar outras.

Postos de observação são instalados ao longo do percurso dos brincantes"Foram cinco finais de semana planejados previamente desde o ano passado, e com avanços, como a mudança do circuito que nos fez repensar algumas estratégias, e o posicionamento de câmeras de monitoramento. Com a área de influência menor, foi possível ter mais policiamento, com mais qualidade e eficácia. Tudo isso somado à integração entre os órgãos, respeitando cada competência e de maneira coordenada, foi possível realizar um grande evento", ressaltou o secretário adjunto de Operações.Agentes do Detran organizam o trânsito no bairro da Cidade Velha

Participaram do planejamento e da execução agentes  das polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Departamento de Trânsito (Detran), Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), Centro Integrado de Operações (Ciop), Guarda Municipal de Belém, Superintendência de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), Ordem Pública, Fundação Cultural de Belém (Funbel), representantes da Liga dos Blocos e outros segmentos.