Programas de descontos garantem saúde física e mental a servidores

Servidores do Estado podem contar com descontos especiais em diversos serviços da rede privada

30/01/2020 11h52 - Atualizada em 30/01/2020 16h35
Por Jackie Carrera (SECOM)

O sorriso parece ser uma marca que acompanha há anos a aposentada Maria de Nazaré Almeida. Mas toda essa alegria estampada no rosto ficou por um tempo ausente. “Sofro de ansiedade e melhorei muito, muito depois do curso de ginástica do cérebro. Aprendi a responder de forma mais amena às pessoas que me provocam, principalmente a família, que é onde mais despejamos nossas emoções”. A idosa é aluna há dois anos de um curso, que é baseado em método japonês e, em outras técnicas, que desenvolvem habilidades cognitivas e socioemocionais. 

Maria de Nazaré AlmeidaEsse curso agora está ao alcance de todos os servidores públicos do Estado, por meio de uma parceria entre o governo do Pará, via Diretoria de Saúde Ocupacional do Servidor da Secretaria de Planejamento e Administração (Seplad) com uma rede de cursos para oferecer descontos aos servidores que desejam experimentar o método que tem duração de 18 meses (nível básico).

As aulas, ministradas por psicopedagogos, repassam desafios de lógica, raciocínio e criatividade, além de jogos lúdicos e dinâmicas em grupo para aumentar a autoestima e tornar as relações mais saudáveis. O método é indicado para qualquer faixa etária (turma infantil a adulta) e é muito procurado por pessoas com TDH -Transtorno de Déficit de Atenção e DPAC - Distúrbio de Processamento Auditivo Central. No caso de crianças e jovens, é fundamental para melhorar o rendimento escolar e acabar com os problemas de aprendizagem. 

Para quem já entrou na terceira idade, os resultados garantem qualidade de vida e a prevenção de doenças como Mal de Alzheimer, por exemplo. “Mantém minha cabeça mais sadia, me ajudou na memória e na concentração. No dia que tem aula eu acordo mais feliz, porque me mantém ativa e faço amigos”, disse a aposentada, que também recomenda para crianças e lembra que uma neta de 8 anos é adepta da ginástica do cérebro.

O curso de treinamento do cérebro faz parte de uma franquia que tem unidades na capital e região metropolitana (Ananindeua, Benevides) e no interior do Estado (Santarém, Marabá, Itaituba, Xinguara, Redenção). 

O diretor do curso de ginástica do cérebro em Belém, Mário Cabral, explica que trabalhadores também podem ter grandes benefícios, pois “não tem coisa pior para o cérebro que a rotina, porque ele fica automático”. Por conta disso, servidores do Estado que trabalham muito tempo num só cargo ou mesma função, ou qualquer outra pessoa que tem um dia cheio de trabalho, precisa ativar outras áreas cerebrais para obter saúde. “quem tem muito stress e não dorme direito ou tem uma alimentação mais ou menos boa e principalmente não faz exercício físico”, diz Mário. 

Rede de descontos - Os servidores da administração pública estadual podem contar com vários outros serviços privados oferecidos exclusivamente a eles ou aos dependentes, a um preço bem mais acessível de matrícula e mensalidades. No Estado, existem dois programas de descontos a servidores estaduais em academias de ginásticas, unidades de ensino e instituições. 

Um deles é o programa “Servidor na Academia”, uma rede credenciada com várias academias de ginásticas e afins, que oferece descontos de 13% a 60% em matrículas e planos mensais. Os serviços são variados, desde fisioterapia, dermatologia, musculação, pilates etc. 

O outro programa é o ‘Desconto para servidores em instituições de ensino’, voltado para quem busca qualificação e aprimoramento por meio de cursos. A rede integra instituições privadas de educação infantil, ensino técnico e superior e principalmente escolas renomadas de idiomas. 

As promoções exclusivas para funcionários do Estado são adquiridas no ato da matrícula, feitas diretamente com a instituição ou empresa escolhida, não tendo vínculo nenhum com o desconto na folha do servidor.

Como fazer - O servidor interessado pode navegar no site da Seplad e acessar os espaços destinados aos dois Programas e baixar os pdfs com a lista de empresas parceiras. Depois disso, pode se dirigir diretamente ao local que pretende se matricular e apresentar contracheque, documentação pessoal (RG/CPF) e do dependente. Em alguns locais, é pedido a declaração do RH do órgão em que o servidor é lotado, comprovando sua lotação. 

Além da capital, as redes têm parceiros em municípios como Ananindeua, Castanhal, Marituba, Altamira, Tucuruí, Santarém, Tailândia, Marabá, Redenção e Conceição do Araguaia.

Para a Diretora de Saúde Ocupacional do Servidor da Seplad, Luiza Tuma, é importante incentivar a prática de atividades físicas e aprimoramento dos servidores e seus familiares, ampliando e democratizando o acesso a serviços que promovam um estilo de vida mais saudável e valorize a aquisição de novos conhecimentos. 

“Os termos de parceria fechados entre o Estado e as empresas são de extrema importância para todos. Não há custo nenhum ao governo, nós apenas divulgamos os serviços prestados. E em contrapartida, os servidores têm descontos variados para estimular a cuidar da saúde e incentivá-los na qualificação, além de fomentar o comércio”, disse a diretora de saúde ocupacional da Seplad. 

Para mais informações, pelo telefone (91) 3194-1005  l 3194-1084 (Diretoria de Saúde Ocupacional do Servidor).