Cosanpa avança com as obras do sistema de água em Alter do Chão

Equipe técnica encerrou, na quarta (22), vistorias nos serviços que estão sendo realizados na região

23/01/2020 10h24 - Atualizada em 23/01/2020 11h31
Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

A equipe técnica da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) concluiu, na quarta-feira (2), as visitas para acompanhamento das obras que estão feitas na região de Santarém. O último ponto a ser vistoriado foi o canteiro de obras em Alter do Chão, que fica a cerca de 40 quilômetros do centro de Santarém.

Em Alter, as obras de implantação do sistema de abastecimento de água estão em andamento. O projeto é de 2017, mas não houve avançou e os serviços foram paralisados em 2018. No primeiro semestre de 2019, o empreendimento foi retomado e, até o momento, 20% das ações previstas foram executadas. O poço profundo já foi perfurado e, agora, estão em construção o reservatório apoiado e o reservatório elevado. Ao todo, serão 40 quilômetros de rede para distribuir a água produzida nesse sistema até a casa dos moradores. O investimento é de R$ 13 milhões.

Além disso, Alter do Chão também receberá obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário de aproximadamente R$ 50 milhões. O projeto básico envolve estação de tratamento de esgoto, 28 quilômetros de rede coletora, 1.035 ligações domiciliares, elevatórias e emissário de cinco quilômetros para despejo de efluente tratado. A documentação necessária para aprovação dos recursos pela Caixa Econômica Federal está sendo elaborada para que, posteriormente, seja iniciado o processo licitatório para contratação da empresa que será responsável pela execução da obra.

Para elucidar dúvidas dos moradores sobre os investimentos que estão sendo feitos, foi realizado um encontro com lideranças comunitárias e representantes de instituições públicas em Alter do Chão. Durante o processo de liberação dos recursos, audiências públicas serão realizadas para que a população participe da obra.

Ainda na quarta-feira (22), microssistemas independentes nos bairros Nova República, Floresta e Vitória Régia, em Santarém, foram vistoriados junto com a equipe da prefeitura e do Centro Regional de Governo no Baixo Amazonas, para que relatórios possam ser elaborados e, caso a comunidade concorde, posteriormente, a Cosanpa poderá assumir a operação.

O presidente da Cosanpa avaliou as visitas como importantes e produtivas para o desenvolvimento de Santarém. "Estamos seguindo a determinação do governador Helder Barbalho de reestruturar a Cosanpa em todos os municípios onde atuamos, ampliar nossos serviços e melhorar o abastecimento de água e o atendimento de esgoto no Estado”, disse.

Segundo o titular, Santarém é um dos municípios prioritários. “As obras estão andando bem e também já estamos aplicando as ações de manutenção para melhorar o sistema existente. As melhorias não são imediatas, porque foram anos de abandono. Mas, pedimos a confiança e um pouco de paciência para que a população comece a sentir os efeitos das medidas que estão sendo adotadas para mudar a Cosanpa", explicou José Antonio De Angelis.