Ministério da Economia e Seplan realizam capacitação em Belém

Uso da plataforma possibilita a captação e gestão de recursos por meio de transferências voluntárias junto à União

25/11/2019 11h11 - Atualizada em 25/11/2019 18h51
Por Luana Leite (SEPLAD)

Servidores do Estado participaram, no período de 18 a 22 de novembro, dos cursos módulo A e B da Plataforma + Brasil, ministrado pelo Coordenador Geral de Governança Colaborativa e Gestão do Conhecimento, Hugo Carvalho Marques, que é técnico do Ministério da Economia.

A qualificação teve como foco a utilização da plataforma +Brasil e a formação de novos multiplicadores da REDE que possibilita a captação e gestão de recursos por meio de transferências voluntárias junto à União.

A capacitação contou com a participação de colaboradores oriundos de vários órgãos do Estado, e também do Ministério Público, Tribunal de Justiça do Estado do Pará e FAMEP, órgãos que compõe os demais Elos da Plataforma +Brasil no Estado. O curso promovido é uma ação em cumprimento ao Acordo de Cooperação Técnica (ACT 018/2017), firmada entre o Governo do Estado do Pará, Ministério da Economia e Secretaria de Planejamento (SEPLAN), por meio da coordenação da Unidade Gestora do Estado do Pará (UGE).

De acordo com a UGE/PA  essa ação era de caráter urgente de ampliar e fortalecer a Rede +Brasil na atuação de forma colaborativa para aumentar a efetividade da captação de recursos e melhoria da gestão interna dos processos de convênios no Estado do Pará.

Os novos multiplicadores da Rede +Brasil no Estado do Pará foram representados pelos seguintes órgãos: PMPA, EGPA, SEPLAN, SETUR, SEDOP, SEEL, SEASTER, UEPA, CPCRC, ADEPARA, COHAB, PCPA, MPE, FAMEP e TJPA.

A Coordenadora Geral da UGE/PA comentou sobre a importância do curso para os servidores no Pará. "Essa capacitação precisa ser contínua junto aos demais órgãos e assim promover de forma colaborativa junto aos Elos do Estado para atingir a formação de novos multiplicadores nos municípios", ressaltou Marta Tavares.

É um marco na gestão atual, pois é a primeira vez que o Ministério da Economia vem a Belém capacitar 30 novos técnicos do Estado, com foco na Plataforma +Brasil, e isso supre um déficit desde 2017, sendo o Pará um dos últimos Estados a aderir a REDE da Plataforma +Brasil.

O estudo permite a formação de novos multiplicadores no Estado com a responsabilidade de disseminar o conhecimento apreendido junto aos órgãos que formam a REDE da Plataforma +Brasil no Estado.