Curso de compostagem na Terra Firme encerra mais uma ação do TerPaz

A oficina foi direcionada para 15 participantes que já passaram pela formação de agentes ambientais e comunitários.

13/11/2019 16h14 - Atualizada em 13/11/2019 16h38
Por Ronan Frias (SEMAS)

A Escola Nuremberg Borja de Brito Filho, no bairro da Terra Firme, recebeu nesta quarta-feira (13), os técnicos da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), para o encerramento do curso de compostagem, no objetivo de incentivar atitudes em defesa do meio ambiente sadio, com reaproveitamento de resíduos sólidos, líquidos e orgânicos, para o bem-estar da sociedade. A oficina é um dos eixos desenvolvidos pela Semas no programa do Governo do Estado Territórios pela Paz (TerPaz). O evento começou na terça-feira (12).

Clefea Pacheco, moradora do bairro, diz que “é muito interessante o que aprendemos na oficina, serve para toda a nossa vida, pois se todos tratassem do seu próprio lixo, o meio ambiente seria muito mais bem cuidado e limpo”, comenta.

Compostagem: Processo de transformação de matéria orgânica, encontrada no lixo, em adubo que pode ser usado também na agricultura e jardins. Considerado de extrema importância para o meio ambiente. Ressalta-se que o acúmulo de resíduos orgânicos a céu aberto favorece o desenvolvimento de bactérias, vermes e fungos, que podem causar doenças nos seres humanos.

A intenção da oficina de compostagem é ensinar como reaproveitar o lixo orgânico para criação de adubo. O material pode ser usado em hortas e em casa, opção ambiental que diminui o lixo produzido e também pode ser uma fonte de geração de renda às famílias.

“O ideal é que cada um cuide dos seus próprios resíduos para que assim possamos diminuir a quantidade de lixo na cidade, dessa forma ajudando direta e indiretamente o meio ambiente”, explica o técnico da Semas, Raphael Sereni.

O Programa é um esforço para melhorias e crescimento na comunidade, a partir da articulação de ações de segurança pública e de cidadania em outros seis bairros da Grande Belém: Guamá, Jurunas, Benguí e Cabanagem (Belém), Icuí (Ananindeua) e Nova União (Marituba).