Expectativa tomou conta dos estudantes na última etapa do Enem

Após segundo dia de provas, expectativa agora é pelo resultado do exame

10/11/2019 18h32 - Atualizada em 11/11/2019 11h21
Por Leidemar Oliveira (SEDUC)

Candidatos responderam, neste domingo (10), a 45 questões de matemática e 45 de ciências da natureza.

A segunda e última etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 terminou neste domingo (10) em clima de expectativa e tranquilidade na maioria das escolas estaduais do Pará. Em Belém, antes mesmo dos portões abrirem, ao meio-dia, os candidatos já formavam filas em frente às unidades de ensino para não correrem o risco de chegar atrasados.

Adson Quaresma, de 18 anos, foi um dos primeiros a chegar ao Instituto de Educação Deodoro de Mendonça, no bairro de Nazaré, em Belém. O estudante realizou o Enem pela segunda vez e sonha cursar Administração. Ex-aluno de escola pública e sem condições de pagar um cursinho, Adson passou o ano inteiro estudando em casa. Mas garante que fez uma boa preparação e está confiante na aprovação. 

“Minha expectativa está bem alta, acho que dessa vez eu entro”, declarou Adson.

Assim como na primeira etapa, nesta segunda prova os portões fecharam às 13h. A entrada no local de prova é um momento de troca de expectativa entre estudantes e familiares, que fazem questão de acompanhar os filhos até o último momento. Na Escola Estadual Vilhena Alves, em Belém, a estudante Luana Barbosa, de 17 anos, chegou à escola acompanhada da mãe, Elisângela Jardim e dos dois irmãos. A mãe estava nervosa e diz que sonha com a aprovação da filha. Momentos antes da prova, a família trocou abraços e desejou o último boa sorte à futura universitária.

“Quero muito que ela passe, será uma grande alegria termos a primeira universitária da família”, comenta Elisângela.

A estudante Luana Barbosa recebe o abraço da mãe Elisângela antes da prova.

A Bruna Rafaela Pires também chegou ao local de prova acompanhada dos pais, que aproveitaram a oportunidade para passar confiança à filha. Bruna já está se formando no curso tecnológico de Design de Interiores e, por ser muito jovem, aos 19 anos, ela quer realizar o sonho de cursar enfermagem. “A aluna também estudou em casa e reforçou a preparação com os aulões de fim de semana e pela internet. “Esperava mais da prova passada, mas estudei bastante e estou confiante que vou me sair bem”, afirma.

A Bruna Rafaela Pires também chegou ao local de prova acompanhada dos pais.

Nesta segunda etapa os candidatos tiveram cinco horas para responder a 45 questões de Ciências da Natureza e 45 de Matemática. Após duas horas do início da prova, Dayse dos Santos foi a primeira a deixar a Escola Estadual Raimundo Vera Cruz, em Ananindeua, onde realizou o Enem. Ex-aluna de escola pública, a candidata diz que não é muito boa em cálculo, mesmo assim acredita ter feito uma boa prova. “Tenho certeza que me esforcei, que dei o meu máximo. Estou muito confiante e aliviada de ter terminado a maratona de estudos”, declarou Dayse.

Dayse dos Santos foi a primeira a deixar a Escola Estadual Raimundo Vera CruzDe acordo com o cronograma do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o gabarito das provas e dos cadernos de questões será divulgado na próxima quarta-feira (13). Já o resultado final está previsto para janeiro de 2020.

Apesar da espera, quem conseguiu levar os cadernos de questões para casa poderá ter uma ideia do número de acertos com a divulgação dos gabaritos, que será já na próxima terça-feira, 13. Os cadernos de questões também serão disponibilizados no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Cronograma:

– 13 de novembro: Publicação dos gabaritos e dos cadernos de questões, no site do Enem, aplicativo do Enem e portal do Inep.

– Janeiro de 2020: resultados individuais para quem conclui o ensino médio em 2019 na Página do Participante.

– Março de 2020: Resultados individuais dos “treineiros” e divulgação da vista pedagógica da redação na Página do Participante.