Sejudh é homenageada por serviços prestados aos jovens na prevenção às drogas

07/11/2019 19h29 - Atualizada em 08/11/2019 10h30
Por Claudiane Santiago (SEJUDH)

Estudantes de escolas públicas lotaram a Alepa para assistir às palestrasNa manhã desta quinta-feira (7), a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) participou da "1ª Semana da Juventude", realizada pela Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), em sua sede própria, em Belém. Voltado para a prevenção ao tráfico e consumo de drogas, o evento proporcionou a discussão sobre a nova lei que permite a apreensão de bens apreendidos relacionados ao tráfico, como sítios, fazendas, carros e eletrônicos, e a doação a comunidades terapêuticas.

O secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Rogério Barra, e o coordenador do Cenpren (coordenadoria de prevenção, tratamento e redução de danos de consumo de drogas), José Aglair, foram homenageados pelo incentivo ao protagonismo e à transformação social da juventude.O secretário Rogério Barra (d) e o coordenador do Cenpren, José Aglair, foram homenageados

"Fico honrado em ter esse reconhecimento da Alepa, que não é só pra mim, mas para todos os servidores que trabalham de forma efetiva nas políticas públicas de enfrentamento e prevenção às drogas. Essa premiação mostra que estamos no caminho certo, e nos dá mais estímulo para seguir em frente e criar mais projetos para a sociedade", declarou Rogério Barra.

Iniciativas - Atualmente, a Sejudh mantém Projeto "Juventude Protagonista", que atende 60 jovens em vulnerabilidade social, na faixa etária de 13 a 17 anos, nos municípios de Ananindeua e Marituba, na Região Metropolitana de Belém. São ofertadas, durante seis meses, 18 oficinas sobre temas relacionados aos direitos humanos.

Também são desenvolvidos os projetos "Reconstruindo Sonhos" e "Diga Sim à Educação", que levam às escolas, uma vez por mês, o trabalho de prevenção ao uso de drogas, informando os estudantes sobre danos, tratamentos e consequências do consumo. Técnicos da Secretaria ainda capacitam professores para atuarem no enfrentamento desse problema em sala de aula.

Para a estudante Wanne Gomes, saber mais sobre a realidade das drogas e ouvir os relatos de trabalhos realizados no enfrentamento é muito importante. "Acho superinteressante saber mais sobre este tema, até porque é a realidade de muitas pessoas, inclusive próximas de mim. Então, sei que tendo mais conhecimento, vou poder ajudar a reverter a situação delas", disse Wanne Gomes.

O Seminário contou com a presença de autoridades ligadas ao tema e estudantes de escolas públicas.

A ″1ª Semana da Juventude″ é uma ação da Assembleia Legislativa do Estado do Pará