Cosanpa e Caixa fazem visita técnica nas obras de Santarém e Alter

Reunião com prefeito e vereadores da cidade também estão agendadas para debater melhorias

22/10/2019 09h50 - Atualizada em 22/10/2019 10h57
Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

Encontro com o presidente da Cosanpa, Antonio de Angelis, tratou sobre os serviços prestados na regiãoNesta terça (22) e quarta-feira (23), equipes da Companhia de Saneamento do Pará e da Caixa Econômica Federal visitam as obras da Cosanpa que estão em andamento no município de Santarém e no distrito de Alter do Chão, para acompanhar os serviços e garantir a execução adequada do trabalho.

O presidente da Cosanpa, José Antonio De Angelis, vai ver de perto a operação dos sistemas que estão em funcionamento e acompanhar as obras. Nesta terça, haverá reunião com o prefeito de Santarém e vereadores do município, para discutir melhorias nos serviços oferecidos. À tarde, o grupo segue para os sistemas em operação na cidade e para o canteiro de obras da ampliação do sistema de água de Alter do Chão.

“A obra em Alter do Chão parou no ano passado e a de Santarém estava parada desde 2016. Exemplos de abandono em que a Companhia estava. Nosso compromisso é mudar essa situação e garantir a reestruturação da Cosanpa e a qualidade dos serviços à população. É por isso que estamos aqui”, enfatizou o presidente José Antonio De Angelis.

“Só do presidente da Cosanpa vir até aqui e conversar conosco já mostra a mudança. Estamos debaixo do maior aquífero do mundo e tem gente ainda sem água. Eu torço pela Cosanpa e pelo governo, mas é preciso planejamento para realmente mudar essa situação”, disse o vereador Tadeu Cunha, que participou da reunião, nesta manhã, no Centro Regional de Governo.

Os investimentos em Santarém e Alter do Chão somam R$ 145 milhões.

Alter do Chão – O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) aprovou, em setembro, o projeto de esgotamento sanitário para Alter do Chão, na região do Baixo Amazonas. O projeto da Cosanpa está entre os 44 aprovados para acesso a financiamentos de obras e estudos na área de saneamento no País para beneficiar 39 municípios brasileiros.