Índios da etnia Arara fornecerão merenda escolar para a própria aldeia

08/10/2019 10h15 - Atualizada em 08/10/2019 11h06

Preparação dos indígenas vem ocorrendo com o apoio da EmaterÍndios da etnia Arara, da Terra Indígena Cachoeira Seca, em Altamira, na Transamazônica, vão começar a abastecer a merenda da escola pública que existe na própria aldeia, Iriri, com produtos frescos e da cultura ancestral, como farinha d´água, cará, banana e tapioca. A expectativa é que as 28 famílias já participem, ano que vem, das seleções do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), pela prefeitura, inclusive de editais exclusivos para povos tradicionais.

A mobilização e a preparação dos indígenas vêm ocorrendo ao longo deste semestre, com o apoio do escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), sob a coordenação Frente de Proteção Etnoambiental Médio Xingu (FPEMX), da Fundação Nacional do Índio (Funai).

“Fizemos reunião na aldeia e orientamos sobre como participar do Pnae, bem como estamos articulando com a Funai para a Emater emitir as Daps [declarações de aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – Pronaf] necessárias”, explica a técnica em aquicultura da Emater, Simone Silva.

Por Aline Miranda (EMATER)