Alunos recebem palestra sobre preservação do patrimônio público

23/09/2019 12h39 - Atualizada em 23/09/2019 13h06
Por Cintia Magno (SEPLAN)

Depois de conhecer mais a fundo a quem se destina o patrimônio público, a estudante do 6° ano do ensino fundamental, Ivana Pereira, 12, acredita que toda a comunidade da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Nagib Coelho Matini, no Conjunto Ariri Bolonha, em Ananindeua, irá se unir para zelar pelo bem de todos. A ação de conscientização sobre a importância da conservação do patrimônio escolar ocorreu na manhã desta segunda-feira (23), quando a Diretoria de Gestão do Patrimônio da Secretaria de Estado de Administração (DGP/Sead) realizou uma palestra voltada aos estudantes.

Atenta à toda a explicação sobre patrimônio público e privado, material e imaterial, Ivana se mostrou confiante de que, a partir desta e de outras medidas, a visão de todos os estudantes que compõe a Escola Nagib Coelho Matini começará a se modificar positivamente. “É muito importante esse tipo de conversa porque é daqui da escola que vai sair o nosso futuro”, considera. “Então, se todos começarem a cuidar, a não ficar mais riscando as paredes, sujando as carteiras, vamos ter um local melhor para estudar”.

A iniciativa de levar a discussão para dentro de sala de aula foi da própria escola, que solicitou a parceria da Sead para a realização das palestras que seguem até esta terça-feira (24). Diretora da unidade de ensino, a professora Sônia Batista destaca que a ação faz parte de um planejamento que prevê a realização de uma série de ações. “O patrimônio público não é de uma ou outra pessoa, mas de todos, então é preciso valorizar”, aponta. “A escola é como se fosse a segunda casa deles, então essa palestra foi pensada para que eles possam perceber que esse é um patrimônio deles também”.

Responsáveis por ministrar a palestra, a coordenadora do Patrimônio Imobiliário, Mônica Piedade, e a coordenadora do Patrimônio Mobiliário, Giselle Guerra, apresentaram exemplos práticos e como a lei protege o bem público. Diretor da DGP/Sead, Paulo Pereira concluiu reforçando que a união de toda a comunidade escolar em torno da preservação do patrimônio público é capaz de transformar o cenário.

“Como foi explicado aqui, o simples ato de comer uma banana e jogar a casca corretamente no lixo, ao invés de no chão, já é uma atitude extremamente positiva e de mudança”, exemplificou. “Esse ato já começa a fazer a diferença e, mais ainda, se a gente se unir”, afirmou o diretor.

Ao final da programação, os alunos foram informados pela diretora que, ainda nesta semana, deverão ser instalados na Escola Nagib Coelho Matini um novo bebedouro e dez ventiladores nas salas de aula. A expectativa é de que, com a palestra desta segunda-feira, a conscientização sobre a necessidade de zelar pelo patrimônio de todos permeie as atitudes dos que irão usufruir desses bens.

“Para que esse bebedouro e esses ventiladores possam trazer mais conforto para a gente, temos que fazer como a equipe da Sead nos mostrou aqui, hoje. Temos que ter cuidado, zelar por eles”, finalizou a diretora da escola, Sônia Batista.