Detran realizará debates e exposições na Semana Nacional de Trânsito

13/09/2019 19h01 - Atualizada em 13/09/2019 20h46
Por Eduardo Vilaça (DETRAN)

Uma semana inteira para pensar e discutir o trânsito de hoje e das futuras gerações. O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) realizará, entre os dias 18 e 25 de setembro, uma extensa programação durante a Semana Nacional de Trânsito (SNT), uma mobilização por todo o País que visa desenvolver valores, posturas e atitudes para garantir o direito de ir e vir dos cidadãos.

O tema da SNT em 2019, definido pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), é “No trânsito, o sentido é a vida”. A programação do Detran Pará visa envolver diretamente a sociedade nas ações e propor reflexões sobre uma nova forma de encarar a mobilidade, contando com palestras, mesas de debates, cursos e exposições, além de um passeio ciclístico.

A abertura será no dia 18, às 09 h, no auditório João Marques, na sede do Detran, na Avenida Augusto Montenegro, em Belém. O diretor-geral do órgão, Marcelo Lima Guedes, abordará a importância da Semana Nacional de Trânsito para a conscientização da população na busca por um trânsito mais seguro. Em seguida, o coordenador de Educação do Detran, Victor Oliveira, vai apresentar o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (Pnatrans), e, para finalizar, o tenente-coronel Erick Miranda, representante do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran), ministrará palestra sobre a municipalização do trânsito.

Exposições - Dois grandes eventos estão previstos na programação. No sábado (21), o Detran realizará uma manhã lúdica na sede, com exposição da evolução de veículos automotores, entre carros e motos, na área do estacionamento, em parceria com associações de colecionadores. O Detran também fará exposição sobre a memória do trânsito no Pará, com algumas curiosidades em mais de 70 anos de atividade organizacional. As crianças terão um espaço especial, com circuito de trânsito e contação de histórias.

No domingo (22), em parceria com a Tuna Bike e o Loucos por Bike, será realizado um passeio ciclístico, que sairá da Escola Pública de Trânsito (EPT), às 8 h, com chegada na sede do Detran, onde os ciclistas serão recebidos com apresentações culturais e um estande com informações sobre manutenção de bicicletas. Os interessados em se inscrever devem levar, à Escola Pública de Trânsito, um quilo de alimento, que será doado à Casa de Plácido.

Debates - Diversos debates estão previstos para fomentar a discussão sobre assuntos pertinentes ao trânsito. A população poderá participar de toda a programação no auditório João Marques. A primeira mesa de debate, no dia 20, às 09 h, terá como tema principal os ciclistas e motociclistas nas vias, com participação de João Tavares Pinho, engenheiro de Trânsito, ligado à Universidade Federal do Pará (UFPA); de Ana Cristina Louchard Pires, presidente da Comissão de Trânsito da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PA); Valter Aragão Júnior, coordenador de Planejamento do Detran; Alessandro Félix, presidente da Federação Estadual dos Mototaxistas; Nazareno Lobato Silva, presidente da Associação Vida Pará, e Arnaldo Villar, coordenador da Tuna Bike.

Para o dia 23 estão previstas mais três mesas-redondas. A primeira, às 09h30, terá como tema a reciclagem do condutor, com a participação de Haroldo Alencar, diretor de Tecnologia e Informática do Detran; Jorgean Frazão, coordenador de Habilitação do órgão; Ivan Feitosa, coordenador de Operações do Detran, e Ed Carlos, presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores (CFCs).

A segunda mesa, às 10h30, debaterá sobre medicina de tráfego e avaliação psicológica, com Carlos Guilherme Valente, superintendente da Secretaria Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob); Ivan Feitosa, coordenador de Fiscalização do Detran; a psicóloga Daniela Fecury e o médico Alexandre Tuma, ambos especialistas em Trânsito.

Os exames toxicológicos são o tema da terceira mesa, que começará às 14 h, com a presença de Rodrigo Sousa, gerente de CFC; Ivan Feitosa, coordenador de Operações; a psicóloga Daniela Fecury e o médico Alexandre Tuma, além de Nonato Alves, presidente da Federação Nacional dos Mototaxistas e Motoboys do Brasil (Fenamoto), e Eurico Tadeu Miranda, presidente do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens no Estado do Pará (Sindicam-PA).

Palestras e cursos -  No próximo dia 19, a partir das 09 h, o eixo “Fiscalização eletrônica e acidentes de trânsito com motocicletas” será discutido em diversos temas de relevância para a segurança no trânsito. A primeira palestra será de Manoel Costa, representante da Semob, que abordará a legalidade da fiscalização eletrônica. Em seguida, para tratar sobre fiscalização eletrônica aliada à segurança pública, o Detran convidou o especialista Davi Almeida da Mota, que já foi secretário de Segurança Pública do Ceará.

O promotor de Justiça do Estado, Marco Aurélio Nascimento, falará em seguida sobre a atuação do Ministério Público no trânsito, enquanto o coordenador de Educação, Victor Oliveira, abordará os cursos de atualização para mototaxistas, promovidos pelo Detran à categoria. O curso será realizado na Escola Pública de Trânsito entre os dias 23 e 25 de setembro, pela manhã e à tarde.

No dia 18, outro curso será realizado, voltado para estudantes, dentro do projeto de extensão “Pedagogia em movimento: Educação para o trânsito em Belém do Pará”. Pela manhã, a atividade está marcada para o colégio Ideal, na Avenida Augusto Montenegro, e à tarde na Escola Municipal AMMA, em Ananindeua.

No dia 24, às 09 h, também haverá palestra sobre a faixa de domínio federal do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), com Erika Medeiros Salim, analista em Infraestrutura de Transportes e chefe de Operações. Durante toda a programação, haverá na sede do Detran uma exposição sobre sinalização de trânsito e fiscalização eletrônica, que poderá ser visitada das 8 às 14 h.

O encerramento da programação será em Marabá, região sudeste, no auditório da Prefeitura, às 09 h.