Terceira ação literária divulga publicações de autores paraenses na IFPA

18/06/2019 16h31 - Atualizada em 18/06/2019 17h39
Por Julie Rocha (IOE)

Professora Simone Amaral prestigiou o estande e aproveitou para compras livros a preços acessíveisLivros de boa qualidade a preços convidativos. Foi esta impressão que a professora Simone Amaral teve ao visitar o estande montado pela Imprensa Oficial, na manhã desta terça-feira (18), no hall da reitoria do Instituto Federação de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA). Trata-se da terceira ação literária para divulgar as publicações já impressas pela autarquia e a editora pública, que está em processo de formalização.

"É uma ação muito importante da Imprensa Oficial e o preço das obras está maravilhoso. Tem muita gente que não sai de casa para comprar livros, então acho válida esta iniciativa de não se restringir às livrarias e ir atrás do público", opinou ela, que aproveitou para levar para casa os livros "Canções", de Waldemar Henrique; "Dinacriar", de Silvia Pires da Silva; "Alma das Ruas", de José Ribamar de Oliveira e "Equinócio", de Nélio Palheta.

Segundo o coordenador da editora pública, Rodrigo Moraes, a terceira ação segue os mesmos moldes das atividades já realizadas nas universidades do Estado do Pará (Uepa) e na Federal do Pará (UFPA). "Nas universidades, tem a intenção de facilitar o acesso da comunidade acadêmica a um acervo importante de autores paraenses que levam o selo da Imprensa Oficial", informou.

Próxima ação já está agendada para o domingo (23), na Praça da RepúblicaResponsável pelo estande da Ioepa, o assessor Roony Oliveira, informou que a ação na IFPA é uma oportunidade para estudantes, professores e outros profissionais terem acesso a mais de 30 títulos de autores paraenses a preços acessíveis. O jornalista da Assessoria de Comunicação da IFPA também elogiou a parceria. "A criação da editora pública vai dar visibilidade a muitos autores paraenses que se encontram esquecidos por não terem como publicar seus trabalhos", comentou.

A próxima atividade, que deve encerrar o calendário de divulgações da editora pública neste semestre, ocorrerá no domingo (23), na Praça da República.