Centro Renal realiza campanha para segurança de pacientes renais

18/06/2019 16h58 - Atualizada em 18/06/2019 17h47
Por Samuel Mota (SANTA CASA)

Ações são voltadas para as próprias crianças pacientes e seus familiaresA equipe multiprofissional do serviço de Terapia Renal Substitutiva Pediátrica da Fundação Santa Casa do Pará está realizando uma campanha para crianças, adolescentes e seus familiares sobre metas de segurança no tratamento hospitalar. Em um primeiro momento, foi realizada uma palestra educativa com todos os profissionais envolvidos neste atendimento. Depois, houve demonstração da lavagem das mãos, uso do álcool gel e como isso se aplica no dia a dia dos pacientes. As atividades serão encerradas nesta quarta-feira (19).

Para a terapeuta ocupacional, Fernanda Lobato, a ação busca reforçar com cada criança e sua família a importância da segurança em um ambiente de tratamento hospitalar. "Aproveitamos o momento para identificar com crachás as crianças e seu acompanhante, e promover uma atividade cultural e descontraída, para agregar a essa criança, muito valor de saúde, porque gostam de brincar e se sentem mais alegres e motivadas".

Jogos e brincadeiras foram realizadas para reforçar o trabalho de orientaçãoFernanda destaca, ainda, que a participação dessas crianças, suas famílias e toda a equipe que trabalha na área é fundamental para melhorar a qualidade de vida desses pacientes e seus acompanhantes.

"Anualmente, a gente escolhe uma temática para reforçar o trabalho de orientação. Este ano, agregamos o tema com as brincadeiras juninas. Fizemos pescaria com perguntas, acerte ao alvo, jogo da memória, quebra-cabeça e recadinho da segurança. Por meio dessas atividades, é possível fazer um resgate das informações pertinentes ao assunto e, ao mesmo tempo, reforçar com as crianças a importância de cada meta", relata a terapeuta.

Terapia – A maioria dos pacientes atendidos pelo serviço de Terapia Renal Substitutiva Pediátrica vem do interior do Estado. O tratamento é feito três vezes na semana. O Centro de Terapia Renal Substitutiva Pediátrica foi inaugurado em 2011, com a função de oferecer hemodiálise para crianças com doenças renais crônicas, para pacientes que moram em Belém e municípios de outras regiões do Estado.

O serviço é referência para tratar doenças renais, com atendimento que envolve crianças e adolescentes, oferecendo nefrologia pediátrica, hemodiálise pediátrica, ambulatórios, enfermarias e interconsultas, realizados por uma equipe multiprofissional. Atualmente, 26 pacientes são atendidos no Centro na Santa Casa.