Pautas


Estado entrega Obras no Canal do Tucunduba e autoriza serviços de macrodrenagem em canais de Belém

Por Matheus Rocha (SEDOP)
Abertura: 12/01/2022 11h00
Encerramento: 12/01/2022 13h00
Local: Belém
Endereço: Av. Tucunduba, esquina com a Rua Jabatiteua, bairro Terra Firme
Contatos: Matheus Rocha (Sedop): 9 8236-0316.

No dia em que a cidade de Belém comemora aniversário de 406 anos de fundação,o Governo do Estado entrega à população, a partir de 11h, o terceiro trecho de obras do projeto de Macrodrenagem da Bacia do Tucunduba, que compreende o perímetro da rua 2 de Junho até a travessa da Vileta. Este é o terceiro e último trecho desta etapa do projeto a ser concluído e entregue pelo Estado desde o ano de 2019. 

A OBRA - Iniciado na década de 1990, o projeto de macrodrenagem no canal do Tucunduba, em Belém, se arrastou por décadas. Em 2019, a atual gestão estadual tomou a conclusão da obra no canal do Tucunduba como prioridade. Desde então, os serviços foram intensificados nos três trechos que compõem o projeto. Os dois primeiros trechos, que compreendem o perímetro entre a rua São Domingos e a Rua 2 de Junho, já foram entregues à população no início de 2021. 

Ao todo, o projeto de Macrodrenagem do Canal do Tucunduba está orçado em cerca de R$ 250 milhões. Além da correção da estrutura do canal para garantir a vazão da água, o projeto também contemplou a urbanização da área, com pavimentação asfáltica e construção de praças, parques infantis e quadras de esporte. A expectativa é que as obras beneficiem cerca de 300 mil pessoas, em bairros como o Guamá, Terra Firme, Canudos e Marco, garantindo saneamento, mobilidade e mais qualidade de vida para a população.

GERAÇÃO DE EMPREGOS

O projeto de Macrodrenagem no canal do Tucunduba também garantiu a geração de cerca de 1200 vagas de trabalho, garantindo renda para trabalhadores locais.

MORADIA - O projeto do Tucunduba também contempla a construção de unidades habitacionais nos conjuntos residenciais Riacho Doce I, II e III. Em 2021 foram concluídas 368 unidades, que já estão sendo entregues a famílias que precisaram ser remanejadas por conta das intervenções no canal, ou estavam inscritas em programas de assistência habitacional do governo. Outras 80 unidades devem ser entregues em 2022, além das 400 unidades que serão construídas na área do antigo Curtume Santo Antônio, na Terra Firme.

TRATAMENTO DE ESGOTO - Ainda como parte do projeto de Macrodrenagem do canal, estão sendo finalizados os trabalhos de construção da Estação de Tratamento de Esgoto do Riacho Doce. A estrutura de grande porte está sendo devidamente equipada para atender e tratar o esgoto de todos os bairros atingidos pelo canal.

CONTINUIDADE - Durante a programação de entrega, o governador Helder Barbalho vai assinar a Ordem de Serviço que autoriza a sequência de obras de macrodrenagem na bacia do Tucunduba, desta vez nos canais da União e Timbó. O projeto orçado em R$ 47,6 milhões vai garantir que os canais também recebam serviços de correção e urbanização, garantindo mais qualidade de vida para a população e solução para o problema dos alagamentos em diversos bairros de Belém. O projeto nos canais tem prazo de execução previsto para 18 meses.