Pautas


Abertura da Exposição "Menire: A Mulher Kayapó e o seu trabalho"

Por Igor Fonseca (SEDEME)
Abertura: 02/09/2021 18h00
Encerramento: 02/09/2021 20h00
Local: Casa do Artesão/Espaço São José Liberto
Endereço: Praça Amazonas, s/n - Jurunas, Belém - PA, 66025-070
Contatos: (91) 98456-0126

Belém recebe esta semana uma das exposições mais bonitas e relevantes sobre indígenas e, em particular, sobre o universo feminino nas aldeias. O trabalho das mulheres kayapó chega a Belém em um momento de grande luta dos povos da floresta para derrubar o Marco Temporal e possibilita uma reflexão sobre a importância desses povos para sensibilizar, informar e educar os não indígenas.

Principais responsáveis pela manutenção, fortalecimento e transmissão dos conhecimentos aos filhos e netos, as mulheres da etnia Kayapó, as menire, são os pilares das aldeias. Além de plantar e manter as roças, elas coletam os produtos da floresta, cortam a lenha, prepararam os alimentos e são responsáveis por um trabalho artesanal único.

Outra marca registrada das mulheres kayapó são os traços finíssimos feitos com tintura de jenipapo que se transformam em grafismos milimetricamente traçados que podem estampar tecidos ou os corpos de indígenas e não indígenas.

Todo o trabalho realizado por elas faz parte da Exposição "Menire: A mulher kayapó e seu trabalho", que desde 2019 pode ser visitada em Brasília. Esse ano, pela primeira vez a exposição sairá da capital federal e Belém foi a cidade escolhida para receber a mostra.

Realizada pelo Instituto Kabu, a exposição "Menire: A mulher kayapó e seu trabalho" tem patrocínio do Governo do Estado,através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Mineração e Energia/SEDEME, do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia/IGAMA e Secretaria de Estado de Cultura/SECULT, e apoio institucional da Federação dos Povos Indígenas do Pará - FEPIPA e Origens Brasil.