Pautas


Estado autoriza a obra de construção do primeiro Hospital Público da Mulher, em Belém.

Por Matheus Rocha (SEDOP)
Abertura: 07/06/2021 10h00
Encerramento: 07/06/2021 12h00
Local: Belém
Endereço: Avenida Gentil Bittencourt, nº 2175, bairro de São Brás.
Contatos: Matheus Rocha (Sedop): 98236-0316

O Governador do Estado Helder Barbalho assina, na próxima segunda-feira (7), a ordem de serviço que autoriza o início das obras de construção do primeiro hospital público especialmente voltado às mulheres do Pará. Localizado na avenida Gentil Bittencourt, nº 2175, no bairro de São Brás, o Hospital Público da Mulher Senhora de Nazaré será uma unidade hospitalar de atenção à saúde exclusivamente para a população feminina paraense, efetivando ações de promoção da saúde e intervenção nos níveis de atenção que se fizerem necessários.

O hospital foi projetado para ser referência nas linhas de cuidados especializados em ginecologia (geral, climatério, infanto-puberal e colposcopia), mastologia, infectologia, endocrinologia, uroginecologia, reumatologia, dermatologia, abrangendo urgência / emergência e assistência para o atendimento de Vítimas de Violências sexual e doméstica, na perspectiva de agilizar o processo de operacionalização do acesso qualificado à rede de atenção à mulher, compondo a rede e considerando a territorialidade, a fim de atender à proposta de regionalização com resolutividade. 

A edificação teve seu conceito pensado para atendimento com serviços ambulatoriais especializados, unidades de internação com 120 (cento e vinte) leitos, sendo 100 leitos de internação e 20 de UTI, distribuídos entre as sub-especialidades da ginecologia e mastologia; centro de apoio ao diagnóstico por imagem e métodos gráficos, análises clínicas, unidades de terapia intensiva, entre outros serviços. A prestação de serviços será exclusivamente ofertado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), seguindo seus princípios e democratizando o acesso à medicina de alta complexidade. A edificação contará com 12 pavimentos, sendo um subsolo, distribuídos num total de 17.648,81 m². 

Sugestão de entrevistados: Helder Barbalho, governador do Estado ; Ruy Cabral, secretário de estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas.