Pautas


Operação Cronos amplia controle e segurança nas casas penais do Pará

Por Vanessa Van Rooijen (SEAP)
Abertura: 17/04/2020 05h00
Encerramento: 17/04/2020 19h00
Local: Concentração no Espaço São José Liberto
Endereço: Praça Amazonas, s/n - Jurunas, Belém
Contatos: Ascom Seap: Vanessa Van Rooijen (91) 98838-1530

Uma grande operação de ostensividade e controle das unidades prisionais da Região Metropolitana de Belém (RMB) será realizada pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). A ação ocorrerá na próxima sexta-feira (17), de forma simultânea e integrada com os demais órgãos de Segurança Pública.

O objetivo da operação é promover a segurança pública no Estado, por meio de ações nas unidades prisionais, rondas nas áreas externas e acompanhamento via aérea a fim de evitar possíveis conflitos de motins, rebeliões, fugas e resgates.

Serão mais de 200 policiais militares e agentes prisionais, divididos em 80 viaturas, além de comandos especiais e representantes de outros órgãos da segurança estadual. Eles atuarão pelos bairros da capital paraense, Ananindeua, Marituba, Santa Isabel, Mosqueiro e Castanhal.

A ação contará com o apoio Grupo Tático Operacional (GTO) e Comando de Missões Especiais (CME), Polícia Militar (Cavalaria, Canil, COE, Choque e Rotam), Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), Polícia Civil, Inteligências de todos os órgãos da segurança pública e Força Tarefa de Intervenção Penitenciária (Ftip), do Departamento Penitenciário Nacional.

Sugestão de entrevistados:
Jarbas Vasconcelos, secretário de Estado de Administração Penitenciária; e ten. cel. Vicente Neto, comandante da operação Cronos e do Comando de Operações Penitenciárias (Cope).

Sugestão de imagens: 
A imprensa poderá acompanhar a concentração, o comboio e as ações externas. As entrevistas podem ser realizadas na concentração. Não será permitida a entrada das equipes de jornalismo nas unidades prisionais devido ao protocolo de combate ao contágio da covid-19. Imagens internas serão disponibilizadas pela Secretaria de Estado de Comunicação (Secom).