Hemopa recebe voluntários para abastecer estoque de sangue

23/01/2015 18h42
Por Redação - Agência PA (SECOM)

A Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) fez nesta sexta-feira (23) programação com grupo de voluntários do Instituto Áster, que atua junto a hospitais e comunidades levando informação, ajuda material e solidariedade. A atividade incluiu palestra sobre captação hospitalar, doação de sangue e cadastro de doadores de medula óssea.

Uma das fundadoras do instituto, Evelyn Carolynne Vieira Nascimento, 23 anos, informou que atualmente o grupo é formado por 30 voluntários ativos, a maioria do distrito de Icoaraci. “Nossa intenção é levar ajuda humanitária a quem precisa, principalmente pessoas em tratamento contra câncer de todas as idades. Fazemos ações no Natal e entendemos que a ajuda às vezes pode ser uma palavra de carinho, uma conversa que devolva a autoestima e traga bem estar ao próximo”, disse.

A atividade no Hemopa, para ela, foi de grande utilidade. “Incentivamos a doação de sangue e de medula. O que aprendemos vai nos ajudar a quebrar alguns tabus que ainda existem, e com isso esperamos colaborar para o aumento do número de doadores voluntários”, declarou.

A assistente social Nazaré Veríssimo, do Hemopa, conduziu os integrantes do Áster na programação e proferiu a palestra. “É importante que o hemocentro forme captadores para o trabalho em hospitais e unidades de saúde, pois a doação de sangue é uma responsabilidade partilhada com toda a sociedade. Fico emocionada em ver um grupo tão jovem, com ideias simples de ajuda ao próximo que fazem bem a todos”, afirmou.

O voluntário Arilson da Conceição Rocha, 18 anos, integra o instituto há um mês. Ele doou sangue pela primeira vez. “A doação que fiz e a informação que recebemos vão fortalecer o trabalho que desenvolvemos, pois nosso trabalho é também captar doadores para ajudar a salva vidas como eu fiz agora”, disse.

Na tarde desta sexta-feira (23), a sede do Hemopa também recebeu a solidariedade de mais de 30 funcionários da empresa BB Tecnologia e Serviços, que fez campanha para colaborar com abastecimento do estoque de sangue do hemocentro, tendo em vista a aproximação do período carnavalesco. Assistentes sociais fizeram as palestras de sensibilização prévia e consideram excelente a participação dos voluntários.

A analista de sistemas Taymara Dias, 26 anos, doou sangue pela primeira vez. “Achei a iniciativa da empresa muito boa, pois possibilitou a ida do Hemopa até lá, o que nos deu a oportunidade de tirarmos várias dúvidas e fazer este gesto. É um ato humanitário que ajuda a salvar vidas”, frisou.

Podem doar sangue pessoas com boa saúde, que pesem mais de 50 quilos e tenham entre 16 e 69 anos. Menores de 18 anos precisam da autorização dos pais ou do responsável legal. É necessário portar documento de identidade original e com foto. É preciso estar bem alimentado. O homem pode doar a cada dois meses, e a mulher, a cada três meses.

A Fundação Hemopa fica na Travessa Padre Eutíquio, 2.109, em Batista Campos. A Estação de Coleta Hemopa Castanheira fica no térreo do Pórtico Metrópole, no acesso ao shopping Castanheira, km 1 da BR-316. As coletas são feitas de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 17h. Mais informações pelo Alô Hemopa (0800-2808118) ou no site www.hemopa.pa.gov.br.