Hemopa convoca doadores para manter estoque de sangue no veraneio

07/07/2015 13h49
Por Redação - Agência PA (SECOM)

O veraneio chegou e com ele os desafios para manter o estoque estratégico da Fundação Hemopa, que nesse período do ano costuma enfrentar, normalmente, uma redução de aproximadamente 50% da média diária de 250 doações por conta do recesso de julho, quando boa parte da população se desloca para outras localidades paraenses ou para fora do Estado.

Em julho do ano passado o hemocentro registrou 7.226 comparecimentos e 5.688 coletas, muitas delas impulsionadas pela composição de parcerias. A exemplo de 2014, a Gerência de Captação de Doadores (Gecad), está acionando instituições públicas e privadas que estão programando campanhas internas na sede do hemocentro e na Unidade de Coleta Hemopa Castanheira, aos sábados.

De acordo com a titular da Gecad, assistente social Juciara Farias, no último sábado passado, 4, a sede do hemocentro recebeu 338 doadores encaminhados por instituições parceiras, o que resultou em 239 coletas. “Estamos transformando o sábado em um programa de final de semana solidário, de responsabilidade social. Recebemos grupos dos mais diversos segmentos da sociedade e agradecemos a cada um deles”, comentou, reforçando o convite para o próximo sábado, 11.

Para quem vai curtir as férias no interior do Estado, a Fundação Hemopa possui unidades em Castanhal, Marabá, Santarém, Abaetetuba, Altamira, Tucuruí, Capanema e Redenção. Além disso, aos veranistas que sairão de Belém por estrada, Juciara lembra que ainda é possível fazer uma paradinha para colaborar com o hemocentro. "O Hemopa está literalmente no caminho das férias, com uma unidade instalada no térreo do Pórtico Metrópole, no quilômetro 1 da BR-316”.

Quanto aos possíveis impedimentos existentes para a doação de sangue, ela ressalta que eles são poucos. "Para doar sangue, o candidato deve estar bem alimentado e não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 24h. “Você pode doar sangue e depois se divertir, mas como tudo na vida, com moderação”, observou, ressaltando a importância do ato solidário: "Com apenas uma bolsa coleta é possível salvar várias vidas".

O casal Graça e José Resque, naturais do município de Tucuruí, sudeste paraense, aproveitou a viagem de férias a Belém para fazer sua primeira doação, na sede do Hemopa. Eles se solidarizaram com o apelo de uma amiga cuja mãe necessita de transfusão e aproveitaram a oportunidade para unir o útil ao agradável. “Essa era uma vontade antiga, mas nunca conseguíamos, e como sabemos que a necessidade é maior nesse período, então decidimos vir e isso nos fez muito bem.”

O aeroviário Admilson dos Santos Nogueira, 44, morador do bairro do Una, em Ananindeua, também foi ao hemocentro fazer sua primeira doação nesta terça-feira, 7, atendendo ao pedido de uma vizinha que está com um familiar hospitalizado. Mas, consciente de seu dever como cidadão, garantiu que esta foi a primeira de muitas doações. “Me sinto muito feliz em fazer o bem, ajudando os outros a gente vive mais e melhor.”

Quem pode doar sangue - Candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 69 anos, e peso acima de 50 kg. Menores de 18 anos podem doar somente com autorização dos pais ou responsável legal. É necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum, ao contrário, recomenda-se uma boa alimentação antes da doação. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três.

Serviço: A Fundação Hemopa fica na Travessa Padre Eutíquio, 2109, e realiza coleta de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 16h. A Estação de Coleta Hemopa-Castanheira fica no térreo da passarela Pórtico Metrópole, que dá acesso ao Castanheira Shopping, e funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 16h (sendo que este horário de funcionamento para os sábados funcionará somente em julho. Mais informações pelo Alô Hemopa: 0800 280 8118.