Setor varejista ganha força com a instalação de novos shoppings

12/08/2015 14h05
Por Redação - Agência PA (SECOM)

O Pará é o principal foco da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), na Região Norte do País. As condições favoráveis no interior do estado chamam a atenção do comércio varejista, que pretende inaugurar três novos empreendimentos nos próximos dois anos, em Ananindeua, Castanhal e Paragominas, sem contar com as duas novas unidades que estão sendo construídas na capital, nos bairros de São Braz e Val-de-Cães. Esses dados foram apresentados para o governador Simão Jatene, durante o encontro com representantes da Abrasce, realizado na manhã desta quarta-feira, 12, no Palácio do Governo.

Tony Bonna, Coordenador Estadual da Abrasce, contou que o estado do Pará é uma das apostas de investimento na região norte, devido o grande desenvolvimento da indústria. “Nessa região o Pará é o único estado onde a gente vê possibilidade de crescimento no interior, então ele vai ser sempre o maior foco. É um estado que não é só a capital que tem condições de investimento, hoje observamos que tem muita coisa sendo desenvolvida em outras cidades, que ainda tem o perfil muito grande para receber shoppings centers”, analisou Tony Bonna.

A superintendente da Abrasce, Adriana Colloca, explicou que o mercado de shoppings centers é crescente no país, porém o período econômico atual demanda cautela para novos investimentos no setor. “Vamos dar andamento as obras que já começaram, mas devemos esperar um pouco mais para investir em novos projetos”, disse Adriana Colloca que informou que o Brasil possui atualmente 527 shoppings em todo território nacional, um número considerado pequeno perto das potencialidades do país, que possui menos shoppings do que o estado da Califórnia, nos Estados Unidos, por exemplo.

O governador Simão Jatene lembrou que o Brasil está vivendo uma nova corrida rumo ao Norte e que o Pará está estrategicamente posicionado, principalmente por causa de sua localização geográfica, com portos que estão mais próximos dos portos da Europa. Para o chefe do Executivo Estadual a melhoria da logística no estado vai propiciar a consolidação da nova forma como o país enxerga o Pará, o que já está se refletindo no comércio varejista. “Estamos de fato vivendo um novo ciclo em nosso Estado. Sabemos da nossa capacidade de atração de novas empresas e a gente pode confirmar isso observando o crescimento do mercado de Shoppings Centers aqui na nossa região”, ressaltou Jatene.