Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
CULTURA

Marajó é a primeira região do Estado a receber o programa 'FCP Por Todo o Pará'

Objetivo é fortalecer a produção em diversas linguagens artísticas e manifestações identitárias

Por Elisângela Soares (FCP)
05/04/2024 18h35

A Fundação Cultural do Pará (FCP) dá início ao programa de arte e cultura “FCP Por Todo o Pará”, que tem como objetivo fortalecer a produção em diversas linguagens artísticas e manifestações identitárias. A primeira Região de Integração a receber o programa é o Marajó, passando pelos municípios de Ponta de Pedras, Breves, Portel e Soure. As atividades ocorrerão a partir desta segunda-feira (8). Saiba como fazer sua inscrição.

O programa percorrerá todas as 12 regiões de integração do Estado, incentivando diretamente atividades de extensão, com ações de formação, mediante cursos e oficinas de iniciação e aprofundamento em arte e cultura.

Para Thiago Miranda, presidente da Fundação Cultural do Pará o programa "FCP por todo Pará” "E uma iniciativa alinhada com a gestão presente do governador Helder, e da vice Hana, para democratizar o acesso à Cultura e permitir que os paraenses tenham uma melhor qualidade de vida, bem como levar essa importante autarquia estadual a todas as regiões desse nosso continental Estado. A cultura, o livro, a leitura, o incentivo, o conhecimento em geral, fazem com que alcancemos indicadores socioeconômicos mais positivos para uma sociedade. Vale ressaltar que, não fortuitamente, iniciaremos esse projeto pela Região Marajó, mostrando que a Fundação Cultural do Pará é uma instituição atenta à realidade marajoara e que está inserida em um contexto social transformador”, afirma Thiago Miranda.

Arthur Nogueira, coordenador de projetos da FCP, explica sobre o funcionamento do novo programa. “Todas as diretorias da Fundação Cultural do Pará já realizam atividades nas 12 regiões de integração do Estado. O diferencial deste programa é que agora montamos um grupo de trabalho único, que se reuniu por dois meses para formatar uma estratégia integrada”, disse. O programa atua em quatro frentes: leitura e informação, iniciação artística, experimentação artística, economia criativa e comunidades tradicionais. Todos os núcleos realizarão atividades de formação em cada uma dessas vertentes, que serão ministradas tanto por técnicos da FCP como por artistas e produtores locais, mapeados por meio do Edital de Credenciamento.

Nesta segunda-feira (8), começa a programação nos municípios de Ponta de Pedras, Breves e Portel onde serão realizados diversos cursos, além de entrega de kit de livros contemplados no Edital de Cessão de Obras de Autores Paraenses. No município de Soure, a programação começa a partir do dia 22 de abril. 

Conheça a programação: 

Iniciação artística: Oficina de Biojoias em Cerâmica, Oficina de Guitarrada, Oficina de Instrumentos Musicais do Carimbó, Oficina de Iniciação em Audiovisual, e Oficina de Escrita Criativa Oficina de Estamparia de  Impressão Botânica 

Aperfeiçoamento artístico: Curso de capacitação em elaboração e produção de projetos culturais.

Leitura e informação: Oficina Prática de Promoção e Dinamização da Leitura, Oficina de Contação de Histórias e Circuito do livro de escritores marajoaras. Além da entrega de kit de livros. 

Economia criativa e comunidades tradicionais: Workshop de Economia Criativa em contexto de inovação tecnológica e sustentabilidade ambiental (Bioeconomia) e Workshop de social media em mídias móveis.