Igarapé-Miri é beneficiado com mais de R$ 200 mil em microcrédito

24/04/2018 00h00
Por Redação - Agência PA (SECOM)

Na manhã desta segunda-feira, 23, o Núcleo de Gerenciamento do Programa de Microcrédito CredCidadão entregou, no município de Igarapé-Miri, 85 microcréditos para microempreendedores cadastrados na linha convencional do programa. Com o aumento do desemprego no país, muitos trabalhadores encontram no microcrédito uma oportunidade de abrir seu próprio empreendimento ou dar continuidade ao que já existe, garantindo, assim, sua renda familiar.

Para fugir da crise, a cabeleireira Thaize Gama, que atende em domicílio, viu no CredCidadão a oportunidade que faltava para ter sua autonomia. Ela acredita que o benefício vai melhorar seu rendimento. “Igarapé-Miri é uma cidade precária de emprego e essa oportunidade do CredCidadão chegou para nos ajudar a conquistar nosso espaço e ter a nossa própria renda”.

Como Thaize, muitos outros optaram por este recurso. É o caso do açougueiro Manoel Quaresma, 65 anos, que se diz satisfeito com esta ajuda do governo. “Estou muito feliz por ter conseguido esse crédito através do Governo, pois ele vai me permitir abastecer o meu açougue. Sem ele, dificilmente conseguiria investir nos produtos. Ele veio em boa hora!”.

Pensando em fomentar a economia do Estado, o Governo do Pará incentiva a população a ter seu próprio negócio utilizando o benefício, possibilitando que muitas famílias passem a ter uma renda. Segundo o atual gestor do CredCidadão, Jorge Rezende, esta ação do Governo está incluída no projeto Pará 2030, que visa dinamizar a economia e melhorar os índices socioeconômicos das regiões paraenses.

Ele diz, ainda, que esta ação é uma resposta do Governo do Estado aos impostos que a população paga. “Esse benefício é o dinheiro do povo do Pará. É o retorno dos impostos que são pagos por eles e que agora podem usar para o seu próprio empreendimento”.

Rezende lembra a importância de manter o pagamento das parcelas do empréstimo em dia para que o capital gire e, assim, o CredCidadão possa voltar a beneficiar aquele município. “Para que nós do Governo possamos voltar ao município, os beneficiados precisam manter o pagamento das parcelas em dia, além disso, para evitar também que o nome deles fique com restrição, pois se houver qualquer impedimento por conta do nome, não será possível fazer o empréstimo”.

O evento de entrega foi realizado na Escola Enedina Sampaio, com as presenças do secretário Municipal de Desenvolvimento, Natan Silva; do ex-deputado Ítalo Mácola; do gerente do Banpará no CredCidadão, Pedro da Paz, e do diretor operacional do CredCidadão, Rodolfo Guedes. O valor total liberado pelo Estado foi de R$ 294.300,00.

Veja Também