Ação cidadã da Defensoria inclui doação de sangue com unidade inclusiva a PcDs

Evento realizado neste sábado (21) contou com a presença do governador Helder Barbalho, apoiador da causa e doador de sangue

21/05/2022 15h15 - Atualizada em 21/05/2022 16h17

Este sábado (21) foi marcado por muita solidariedade durante a primeira campanha de doação de sangue com a nova unidade móvel de coleta de sangue, desde sua entrega pelo Governo do Pará, dia 1º de maio. A ação de cidadania foi realizada pela Defensoria Pública do Estado, e incluiu a doação de sangue em parceria com a Fundação de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) e ainda a presença do chefe do Executivo Estadual, Helder Barbalho.

O presidente do Hemopa, Paulo Bezerra, recebeu o governador Helder Barbalho, que prestigiou o evento realizado pela Defensoria Pública do Estado. “Estamos muito felizes em participar dessa ação e realizar nossa primeira campanha de doação de sangue com nossa nova unidade móvel de coleta de sangue,  em parceria com  Defensoria, que ofereceu vários serviços à população. Contamos com a presença e apoio do governador, Helder Barbalho, que é doador de sangue e grande apoiador da causa solidária no Pará. Aqui, meus agradecimentos a todos os voluntários da doação de sangue no Pará”, afirmou Bezerra.

Entre os vários diferenciais do novo veículo itinerante de coleta de sangue está a acessibilidade inclusiva,  com um elevador para Pessoas com Deficiência (PcD) e/ou qualquer outra limitação locomotora. Quem pode conferir de perto o item adaptado foi o jovem Joel Jefferson Lima Madeira, 26 anos, que participou da campanha junto com o irmão Joel Jediel Lima Madeira, 17 anos, e da mãe, Cândida Cristina Lima Madeira.

Joel Jefferson, que é deficiente físico e faz uso de cadeira de rodas, parabenizou o Governo do Pará, por proporcionar tal acessibilidade. “Não consegui doar sangue porque não tenho peso suficiente. Mas, vou tentar outras vezes, já que o Hemopa dispõe desse veículo inclusivo e vou incentivar outros cadeirantes a fazer o mesmo”, declarou.

O irmão, Joel Jediel Lima Madeira, conseguiu efetuar sua primeira doação de sangue. “A experiência foi muito agradável. Com a questão da acessibilidade na nova Unidade Móvel do Hemopa, tive uma grande facilidade com meu irmão que é cadeirante, e me incentivou a doar sangue. A doação de sangue é muito importante porque salva vidas”.

Cândida Cristina Lima Madeira não escondeu a felicidade em ver os filhos como voluntariado dessa causa solidária. “Estamos muito satisfeitos pela acessibilidade da unidade móvel e pelo tratamento recebido. Estamos felizes que, cada vez mais, a gente tem acesso às coisas. Hoje o Joel Jeferson tentou, mas não conseguiu por causa do baixo peso, mas ele vai continuar tentando. A acessibilidade é excelente. Ele acessou a unidade, passou por todo o processo de triagem. Ele está muito satisfeito em ter vindo”, disse a servidora pública.

A mãe e os filhos se somaram ao público que frequentou o local, resultando em um total de 55 comparecimentos neste sábado, favorecendo a doação de cerca de 40 bolsas de sangue que irão beneficiar 160 pacientes internados na rede hospitalar paraense.

Paralelamente, a sede da Fundação Hemopa está recebendo, ainda neste sábado, campanhas internas em parceria com a Academia Evolution  e da Guarda de Nazaré .

Campanhas externas

 No dia 25, haverá ação de coleta externa em parceria com a Assembleia Legislativa do Estado (Alepa), de 8h às 16h. Dia 26, com o Instituto Federal do Pará (IFPA), de 8h às 17h; com a 15ª Companhia do Exército, a partir das 7h30. Dia 27, com a Polícia Civil de 8h às 16h. Dia 28, em parceria com a Paróquia Divina Providência, de 9h às 15h; e em uma ação do ParaPaz, em Mosqueiro, de 8h às 15h.

A gerente de Captação de Doadores, a assistente social, Juciara Farias, informa que instituições públicas, privadas e ONG´s interessadas em compor parceria para promoção da doação de sangue, podem entrar em contato pelo 3224-5048, de segunda a sexta-feira, de 8h às 18h; e aos sábados, de 8h às 17h.

“As parcerias são fundamentais para manutenção do estoque de sangue que no momento, está com necessidade dos tipos O Negativo e O Positivo. Os voluntários com estes tipos sanguíneos podem fazer o agendamento da coleta de sangue pelo 08002808118, de segunda a sexta-feira, de 8h às 18h; e aos sábados de 8h às 17h. A vida agradece!”

Paulo Bezerra é presidente da Fundação Hemopa e Juciara Farias é assistente social da Captação de Doadores

 Confira os critérios para a doação:

- Ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 precisam estar acompanhados de responsável legal);

- Ter mais de 50 kg;

- Estar bem alimentado (não pode estar de jejum);

- Dormir pelo menos 6h nas 24h anteriores à doação;

- Não ingerir bebida alcoólica 12h antes da doação;

- Ter intervalo entre doações de dois meses para homens e três meses para mulheres;

- Quem se vacinou contra a Covid-19 pode doar sangue sendo necessário um intervalo de dois dias após cada dose para quem recebeu a vacina Coronavac, e sete dias para quem recebeu as demais vacinas.

Por Vera Rojas (HEMOPA)