Arcon realiza operação de fiscalização em Abatetuba e distrito de Mosqueiro  

As principais infrações identificadas referem-se a transporte de passageiros em pé, estacionamentos impróprios, entre outras

17/05/2022 12h47 - Atualizada em 17/05/2022 13h41

A Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do  Pará (Arcon) realizou de sexta-feira (13) a domingo (15), uma ação de fiscalização para conferir a segurança e o conforto dos usuários do transporte intermunicipal de passageiros nos municípios de Abaetetuba, no Baixo Tocantins, e na ilha de Mosqueiro, distrito de Belém. Os fiscais da Arcon atuaram com o apoio da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) nos terminais e pontos estratégicos das estradas.

A fiscalização observava se o veículo tem cadastro para realizar a prestação do serviço do transporte intermunicipal junto à Arcon, e se estão sendo cumpridas as exigências para a segurança dos usuários nas viagens.

“É recomendável que o usuário, antes de embarcar para viagem, observe se o veículo possui o código e a logomarca da Agência, o que comprova que o transporte passou por vistoria, e está regulamentado junto à Arcon”, orienta o diretor de fiscalização da Agência de Regulação, Wildson Mello.

As principais infrações identificadas estão relacionadas ao transporte de passageiros em pé, veículos estacionados no entorno do terminal, fora da mesorregião e condutores dos veículos sem cadastro junto a Arcon.

No distrito de Mosqueiro, foram aplicadas 53 multas e um veículo, que realizava o transporte irregular de passageiros foi retido. Em Abaetetuba, foram realizadas 15 autuações  e duas apreensões de veículos irregulares.

SERVIÇO

Os usuários podem fazer denúncias ou dar sugestões à fiscalização da Arcon, por meio das salas da Ouvidoria da Agência, nos terminais rodoviário e hidroviário de Belém, pelo telefone 08000911717, também, pelo e-mail ouvidoria@arcon.pa.gov.br, e, ainda, pelo aplicativo de celular “Ouvidoria Arcon-Pa”.

Por Cybele Puget (ARCON)