Classe Hospitalar na Santa Casa é destaque no Brasil e Honduras

O trabalho desenvolvido pela Secretaria de Estado de Educação teve distinção em seminários sobre experiências inclusivas

16/05/2022 16h24

Dois seminários realizados, no Brasil e em Honduas, nas duas primeiras semanas deste mês deram destaque para o trabalho desenvolvido pela Classe Hospitalar da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) no Espaço Acolher da Santa Casa.

No primeiro evento, que teve como tema “Projetos TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação) e inclusão: experiências do Brasil e da Espanha” e foi realizado em Corumbá (MS), as professores da Classe Hospitalar do Espaço Acolher apresentaram os resultados das experiências exitosas realizadas com as estudantes do Espaço Acolher durante o período de pandemia, que teve como objetivo instrumentalizar os professores com as novas tecnologias em educação e promover experiências inclusivas durante a pandemia, explica a pedagoga Denise Mota, uma das professoras do Espaço Acolher.

“Foram dois anos de engajamento nesta pesquisa com cursos de extensão , aulas virtuais e seminários. O Projeto visa a instrumentalizar os professores a constante atualização em tecnologias educacionais para aplicá-las nas práticas pedagógicas, utilizando recursos como computadores, tablets, telefones, datashow, dentre outros, além de outros recursos virtuais como Jamboard, Google classeroom, criação de games educativos para um aprendizado mais dinâmico e criativo.

O blog e o Instagram da classe hospitalar do espaço Acolher foram produtos dessas aprendizagens para promover maior incentivo às práticas mais dinâmicas e inclusivas”, detalha a pedagoga.

Mais recentemente o segundo evento a destacar as ações da Classe Hospitalar no Espaço Acolher foi o 1º Seminário de Pedagogia Hospitalar realizado em Honduras, onde representantes de 5 países falaram sobre suas experiências e o trabalho da Classe Hospitalar foi um deles, apresentado pela especialista em formação de professores e na docência para o Atendimento ao Escolar em Tratamento de Saúde, Dra. Léa Albertoni da UNIFESP.

A pedagoga Denise Mota ressalta a importância da participação do Espaço Acolher em eventos internacionais para a divulgação de ações bem sucedidas de educação pela  Santa Casa e Secretária de Educação do Estado do Pará.

“A Classe Hospitalar do Espaço Acolher já se tornou referência nacional e internacional na área da pedagogia hospitalar por ter clareza em seus processos metodológicos, referencial teórico e práticas pedagógicas que privilegiam os saberes e culturas das educandas da Amazônia paraense. As educadoras do Espaço Acolher estão em constante formação com o objetivo de garantir uma educação de qualidade e e transformadora”, afirma a professora.

A Classe Hospitalar existe desde 2011 no Espaço Acolher da Santa Casa e conta atualmente com quatro professoras que garantem aos estudantes o acompanhamento educacional necessário para que mantenham os seus estudos, mesmo durante o tratamento, evitando a evasão escolar e garantindo o processo de aprendizado. Desde a implantação do serviço, cerca de 100 pacientes já passaram pela Classe Hospitalar.

Texto de Etiene Andrade (Ascom Santa Casa)

Por Governo do Pará (SECOM)