Programa Forma Pará realiza prova em cinco municípios do Estado, neste domingo (15)  

São ofertadas 190 vagas em cursos da Universidade Federal do Pará (UFPA). A lista com os aprovados está prevista para ser divulgada em 10 de junho próximo.

15/05/2022 19h35 - Atualizada em 15/05/2022 20h45

Candidatos em prova do programa Forma Pará, neste domingo (15), para cursos da Universidade Federal do Pará (UFPA)Foi aplicada, na tarde deste domingo (15), a prova, do Processo Seletivo Especial (PSE) do programa Forma Pará, em cinco municípios onde estão sendo ofertadas 190 vagas em cursos da Universidade Federal do Pará (UFPA). A lista com os aprovados está prevista para ser divulgada no dia 10 de junho.

"O Forma Pará é um programa do governo do estado, coordenado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica, a Sectet. Ele leva o ensino superior aos municípios em parceria com as universidades e prefeituras. É por meio da educação que se promove o desenvolvimento. Essa é a minha convicção e a do governador Helder" , ressalta a titular da Sectet, Edilza Fontes.

A prova deste domingo faz parte da chamada 2022 do Forma Pará. Cerca de 2.100 candidatos se inscreveram no processo seletivo que é executado pela Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) nos municípios/distritos: Oeiras do Pará, 30 vagas no curso de Sistemas de Informação: Belém/Outeiro, 40 vagas em    Geoprocessamento; Curralinho, 40 vagas em História; Viseu, 40 vagas em Letras – Língua Inglesa; e Pacajá, 40 vagas em Agronomia.

Ferramenta importante 

Cleiton Arruda, 23 anos, quer o curso de História, em CurralinhoPara Cleiton Arruda, 23, candidato a uma vaga do curso de História, em Curralinho, o programa é uma ferramenta extremamente importante para a região do Marajó, que necessita de profissionais com formação superior. "O Forma Pará veio suprir essa necessidade. Sou agradecido ao governo do estado e ao gestor do município por essa parceria que trouxe o programa para cá", destaca o estudante.

Raquel Brito, 39, é pedagoga e vê na oportunidade de fazer o curso de Letras - Língua Inglesa, em Viseu, a chance de aumentar sua área de atuação na educação. "O Forma Pará é a oportunidade batendo na porta.  É só agarrar. Nosso município está crescendo e precisa dessa formação. Que venham outros cursos", deseja a candidata.

Aos 49 anos, Flávia Freire vê na possibilidade de fazer o curso de Geoprocessamento, em Outeiro, a oportunidade de ter uma graduação e trabalhar na área. "A minha expectativa é  passar e estudar onde eu moro. Estou super feliz com essa possibilidade, pois esse é um curso bem abrangente e tem vários locais em que eu poderei trabalhar", vislumbra.

Chamada 2022

O processo seletivo da chamada 2022 do Forma Pará foi dividido em três etapas. No dia primeiro de maio foi realizada a prova para o preenchimento de 1.210 vagas. São 400 vagas em parceria com Universidade do Estado do Pará (Uepa) nos cursos de Fisioterapia (Conceição do Araguaia), Enfermagem (Bom Jesus do Tocantins, Rio Maria, São Sebastião da Boa Vista e Bragança),  Pedagogia (Marituba e Santo Antônio do Tauá), Letras – Libras (Marituba).

Pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), são 210 vagas: Arquitetura  e Urbanismo em Redenção e Canaã dos Carajás (40 vagas em cada); Geologia em Rondon do Pará (40 vagas); Medicina Veterinária em São Félix do Xingu (40 vagas); e Pedagogia em Tucuruí (50 vagas). E em parceria com a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) são 100 vagas com 50 alunos em cada turma do curso de Direito, em Alenquer, e Licenciatura em História, em Óbidos. O resultado definitivo deste processo está previsto para sair no dia 7 de junho.

A pedagoga Raquel Brito, 39 anos, tenta para Letras, em Viseu, a fim de ampliar as oportunidades dela no mercado de EducaçãoNo dia 29 de maio, ocorre a prova do processo seletivo que vai preencher as 150 vagas dos cursos que serão executados pelo Instituto Federal do Pará (IFPA). Os cursos ofertados são Tecnologia em Agroecologia, em Moju; Bacharelado em Agronomia, em Santa Maria das Barreiras; e Engenharia de Pesca, em Breu Branco. Cada um deles com 50 vagas.

Abrangência

O governador Helder Barbalho anunciou a ampliação do programa Forma Pará a todos os municípios paraenses. A previsão é que ainda neste semestre sejam publicados editais com oferta de vagas em cerca de 80 municípios, o que significa a universalização do Programa no estado. Em outubro do ano passado, o Forma Pará virou lei, o que permite a sua continuidade ao longo dos anos. Além disso, o Programa agora está apto a ofertar cursos de pós-graduação (especialização, mestrado, doutorado e pós-doutorado).

Texto de Jeniffer Galvão (Ascom / Sectet)

Por Fernanda Graim (SECTET)