Hospital Metropolitano realiza ação sobre trânsito em escola de Belém

Informações sobre uso dos equipamentos de proteção, conhecimento sobre a função do semáforo e faixas de trânsito foram repassadas aos alunos

13/05/2022 23h07

Em celebração ao Maio Amarelo, o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) realizou, nesta sexta-feira (13), uma ação educativa na escola Oswaldo Caldas Brito, localizada no bairro do Jurunas, Região Metropolitana de Belém. 

A campanha, de âmbito nacional, busca chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. O Metropolitano, que pertence ao governo do Estado e é gerenciado pela Pró-Saúde, atua como principal referência para atendimento de traumas na região.

No ano passado, das 7.758 internações gerais realizadas na unidade, 2.690 foram de vítimas de acidentes de trânsito, o que corresponde a 34.67% do total de internações.

Dentro do Projeto Direção Viva, desenvolvido na unidade hospitalar desde 2013, a ação levou para cerca de 25 crianças da educação infantil informações sobre as regras de trânsito, direitos e deveres, além dos equipamentos de proteção que devem ser usados nos veículos, como, por exemplo, as cadeirinhas e o cinto de segurança.

“De forma lúdica, demonstramos as normas básicas de trânsito. A nossa ideia foi justamente incluir essas crianças em um ambiente leve e educativo para que elas entendessem o que devem ou não fazer”, destaca Roberta Cardins, responsável pelo Setor de Experiência do Paciente do Metropolitano. “Dicas simples, como não soltar as mãos da mamãe ou do papai na rua fazem total diferença”, complementa.

A coordenadora da escola, Lisane Cabral, ressalta a importância da atividade. “Esses momentos ajudam a construir um comportamento educativo para alguns pais também, já que a criança age no sentido de alertá-los sobre o que aprenderam”.

Lisane destaca ainda que as próprias crianças contam, durante as atividades, histórias de pais não usando cinto de segurança, colocando crianças pequenas no colo para dirigir ou não usando capacetes.

Além da ida à escola, ainda em celebração à campanha Maio Amarelo, a unidade prevê a realização de uma ação educativa na BR-316, no final do mês.

Por Governo do Pará (SECOM)