Semas capacita 93 municípios com curso de fiscalização da flora

Iniciativa regionalizada é promovida de forma online e presencial e qualifica agentes para combater atividades irregulares

11/05/2022 16h52 - Atualizada em 11/05/2022 18h36

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), por meio da Diretoria de Fiscalização Ambiental (Difisc), realizou em 93 municípios o Minicurso Regionalizado de Fiscalização de Flora, de forma online e presencial. Iniciado em 2020, o minicurso já capacitou 194 agentes para atuarem em ações de combate às atividades ilicitas ambientais no Pará.

No município de Tomé-Açu (nordeste paraense), de 25 a 29 de abril, foi realizado o sexto minicurso, com carga horária de 30 horas, que certificou representantes de nove municípios.

Essa 6º fase do minicurso foi promovida para servidores das Secretarias Municipais de Meio Ambiente da região do nordeste: Abaetetuba, Acará, Bujaru, Breu Branco, Bom Jesus do Pará, Concórdia do Pará, Ulianopólis, Tailândia e Tomé-Açu.
  
Segundo Odilene Miranda, agente de fiscalização ambiental da Semas, as atividades de fiscalização são fundamentais para a preservação ambiental, pois este tipo de ação tem como principal missão controlar os impactos ambientais causados por atividades produtivas de diferentes naturezas. “A importância de capacitar os agentes de fiscalização é para que atuem identificando os ilícitos relacionados à flora, e de promover o controle e fiscalização ambiental em seus municípios, assim contribuindo com a redução do desmatamento no estado do Pará”, afirmou.

Entre os aspectos abordados no minicurso está a identificação de origem de matéria prima; autuações de crimes ambientais como desmatamento, queimadas, serraria e transportes irregular de madeira; assim como sobre enquadramentos legais de acordo com a Lei Ambiental. 

A próxima fase está em processo de planejamento com a missão de torná-la mais abrangente, ampliando as temáticas da capacitação e a transformando na modalidade de curso. A expectativa é que esse curso aconteça para agentes municipais no decorrer dos próximos meses.

Por Aline Saavedra (SEMAS)