Ação de cidadania do ParáPaz fez mais de 700 atendimentos na comunidade da Vila da Barca

Houve roda de conversa sobre sobre violência doméstica e familiar contra as mulheres e expedição de documentos de identidade e carteira de trabalho digital

24/04/2022 10h25 - Atualizada em 24/04/2022 10h46

Ação de Cidadania do ParáPaz, na Fundação Cultural do Pará, Telégrafo: ambiente festivo para atender comunidade da Vila da BarcaForam realizados mais de 700 atendimentos durante a ação de cidadania do governo do Estado, por meio da Fundação ParáPaz, neste sábado (23), na comunidade Vila da Barca, no bairro do Telégrafo, em Belém. A Fundação Cultural do Pará foi o local escolhido, por ser uma referência no bairro e ter um espaço amplo para receber os moradores 

“Para chegar até a comunidade, fizemos um mapeamento dos bairros ainda não atendidos pelas nossas ações, com necessidade de inclusão social, e durante a roda de conversa verificamos que há um perfil de mulheres em extrema vulnerabilidade e violência doméstica e muitas preferiram não relatar suas experiências, mas deixamos nosso contato e nos colocamos à disposição”, afirmou Claudilene Maia, coordenadora do Projeto Entre Elas, que esteve à frente da ação. 

A estudante Joice Cunha, 17 anos, estava à procura do documento de identidade quando foi convidada a participar da roda de conversa do “Entre Elas” e se surpreendeu com os temas abordados pelas profissionais.

Expedição de documentos de identidade a mulheres foi um dos serviços de cidadania oferecidos durante a ação de cidadania do ParáPaz“Foi interessante porque a gente passou a ter conhecimento dos nossos direitos e saber que não estamos sozinhas, que temos um apoio do Estado. As mulheres daqui precisam se sentir seguras e eu vou sair muito mais confiante e ainda mais agradecida por conta da minha identidade”, disse. 

O objetivo do programa “Cidadania por Todo o Pará” é facilitar o acesso aos benefícios, concentrando diversos serviços gratuitos em um só local. Além da emissão do RG, pela Polícia Civil, a Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) disponibilizou emissão de certidão de nascimento e óbito e cadastro para os programas “Qualifica Pará” e “1º Ofício”. 

Crianças também tiveram espaço para recreação durante a ação de cidadania promovida pelo ParáPaz na comunidade da Vila da Barca

Serviços - Através do projeto “Balcão Cidadão” foi possível emitir a Carteira de Trabalho digital, documento que a autônoma Ana Lúcia Gomes, 55 anos, estava precisando e devido à falta de conhecimento sobre como fazer a emissão, que pode ser feita em casa, preferiu receber ajuda e concluir o serviço. 

“Como tudo agora é digital, moderno, eu queria atualizar meus documentos. Não sei fazer sozinha e o atendimento foi essencial pra eu conseguir, ainda mais perto de casa. Vim andando, realmente me ajudou muito”, relatou. 

A ação integrada também ofereceu serviços como: orientações jurídicas e sobre higiene bucal e atividades de esporte e lazer com crianças, por meio do “Espaços Abertos”. 

Por Nathalia Mota (PARAPAZ)