Cozinha do Jean Bitar tem reconhecimento de sua gastronomia hospitalar

Alimentação foi avaliada como saudável, diversificada e sem a utilização de temperos industrializados

25/01/2022 11h28 - Atualizada em 25/01/2022 11h40

A gastronomia hospitalar do Jean Bitar, em Belém, teve reconhecimento nacional, novamente, ao conquistar pelo segundo ano consecutivo, o selo Green Kitchen, que é concedido pelo programa da Fundação para a Pesquisa em Arquitetura e Ambiente, que ratifica as boas práticas na gestão da cozinha do HJB, que não usa temperos industrializados, prima por ambiente agradável e pelo equilíbrio com o meio ambiente.

De acordo com a coordenadora do Serviço de Nutrição e Dietética (SND) da unidade hospitalar, Thatyelle Pantoja, o Green Kitchen reconhece o constante aprimoramento do padrão de qualidade na produção da alimentação saudável oferecida aos usuários, acompanhantes e colaboradores, priorizando a ambientação natural e a sustentabilidade. Ela complementa que o Programa Green Kitchen busca compor um serviço de alimentação saudável.

"É surpreendente quando conseguimos unir a ambientação natural, equilíbrio e a sustentabilidade que proporcionamos aos nossos usuários, acompanhantes e colegas de trabalho, preparações com produtos naturais, agregando mais sabor e equilíbrio às refeições", destacou a profissional.

Para a usuária do HJB, Letícia Martins da Silva, 82 anos, moradora do município de Ananindeua, a comida servida no Hospital, além de ser “boa” é diversificada. “Gosto muito da comida quem estão me servindo aqui no hospital, pois é muito boa, bem feita, e todo dia vem uma comida diferente. Quando a comida chega aqui, todo mundo fica comentando que é tão boa, que nem parece comida de hospital. Você me disse agora que a cozinha de vocês ganhou um certificado pela qualidade do serviço, e perguntou se realmente o serviço merece esse reconhecimento, fique sabendo que vocês mereceram ganhar sim!”, opinou a usuária.

A gestão gastronômica do HJB preocupa-se, inclusive, com a forma de descarte e destinação adequados dos itens não utilizados na construção dos cardápios.

"O descarte das embalagens é recolhido por uma cooperativa de recicladores. Quanto aos alimentos, o reaproveitamento é integral, seja sementes, talos ou cascas. tudo é cozido e compõe a refeição final. É desta maneira que contribuímos com a recuperação dos nossos pacientes, uma vez que utilizamos produtos livres de contaminações e concentrações de produtos que possam oferecem algum perigo ao consumo humano", observou Thatyelle. Ela informou que o HJB ofereceu uma média mensal de 13.400 refeições, em 2021, entre colaboradores, usuários e acompanhantes.

Para o diretor executivo do HJB, Giovani Merenda, a manutenção do Green Kitchen é a recompensa não apenas dos investimentos da gestão, mas sobretudo, pelo compromisso da equipe em oferecer sempre uma alimentação que associa qualidade, sabor e cuidado com o meio ambiente. Parabenizamos o empenho e carinho da equipe do SND em oferecer uma gastronomia que contribui principalmente na evolução clínica e recuperação dos pacientes", reconheceu o diretor.

Serviço: O Hospital Jean Bitar é um órgão do Governo do Pará, administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). O HJB fica na rua Cônego Jerônimo Pimentel, no bairro Umarizal. Mais informações: (91) 3239-3800.

Por Vera Rojas (HGT-Tailândia)