Adepará se reúne com apicultores de São Félix do Xingu para discutir melhorias da atividade

A reunião contou com a participação da secretaria de meio ambiente do município e demais órgãos ligados à garantia da atividade na região

24/01/2022 17h01 - Atualizada em 24/01/2022 17h33

Na última sexta-feira (21), a Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará) se reuniu com representantes da Secretaria Executiva de Meio Ambiente e Mineração (Semmas) para discutir estratégias e planejamentos referentes às atividades apícolas no município de São Félix do Xingu, no sudeste do Pará. Também compuseram o círculo de debates membros da Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri), Emater, Unifesspa e apicultores de São Félix. 

A reunião ocorreu na sede da Semmas e teve início com o secretário de Meio Ambiente, Sérgio Benedetti, o fiscal estadual agropecuário, Roberto Benedetti e os agentes de defesa agropecuária (AFA), Samuel Bezerra e Francisco de Assis, que apresentaram o o panorama da atividade de apicultura realizada no município bem como as principais demandas e problemas enfrentados no local. 

A programação objetivou o crescimento da categoria, além de benefícios de emprego e renda para a região. Também foram debatidos assuntos estratégicos e ambientais para o desenvolvimento da produtividade agrícola e manutenção das espécies de plantas, frutas e sementes cujos planos para o combate às problemáticas foram apresentados. 

Outra demanda apontada foi a possibilidade de construção de Unidade Beneficiadora de Mel e a elaboração de logística e levantamento dos recursos necessários para as construção e obtenção de equipamentos. O secretário de Meio Ambiente sugeriu a realização de um projeto para verificar os custos, formalizar associação ou cooperativa para facilitar aquisição de recursos e autorizações.

A apicultura é uma atividade agrícola que consiste na produção de abelhas para produção de mel, pólen, geleia real e própolis.

A reunião buscou o fortalecimento das parcerias dos produtores a fim de facilitar o apoio entre Prefeitura, Secretaria de Meio Ambiente, Adepará e demais órgãos interessados em assegurar a efetividade da atividade agropecuária na região e melhorias da apicultura com qualidade de produção ambiental correta e sustentável para o município de São Félix do Xingu.

Por Lilian Guedes (SEDOP)