Sespa realiza mais de 13 mil procedimentos de saúde em Marabá

Além dos serviços de saúde, a ação ofereceu emissão de novos documentos para as famílias, e contou com a estrutura das carretas do projeto “TerPaz, Formação Profissional”

24/01/2022 16h57 - Atualizada em 24/01/2022 17h35

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) faz um balanço positivo da Ação Itinerante a favor da população atingida pelas enchentes dos rios Tocantins e Itacaiúnas, em Marabá, tendo realizado um total de 13.284 procedimentos no período de 19 a 23 de janeiro.

A ação foi realizada de forma integrada com Programa "TerPaz", Polícia Civil, Centro de Governo do Sudeste do Pará, 11º Centro Regional de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde de Marabá.

Além dos serviços de saúde, a ação ofereceu emissão de novos documentos para as famílias, assim como e contou com a estrutura das carretas do projeto “TerPaz, Formação Profissional”

A lista de procedimentos oferecidos incluía aferição de pressão arterial, saturação, temperatura e glicemia, consultas médicas com clínico geral, pediatra, ginecologista e hansenólogo, avaliação nutricional, vacinação com a tríplice vitral (sarampo, rubéola e caxumba) e gripe, além de testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite B e C, palestras sobre cuidados com a saúde bucal, entrega de kits de higiene bucal, dispensação de medicamentos e testes rápidos e vacinação contra a covid-19.

Entre esses procedimentos merecem destaque a realização de 1.267 consultas médicas, 2.015 testes de covid-19 e aplicação de 250 doses de vacinas contra a covid-19.

Os serviços de saúde ficaram, inicialmente, disponíveis em dois locais, ou seja, na Escola Estadual Plínio Pinheiro e no Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará, no entanto, segundo a coordenadora do projeto “Saúde Por Todo o Pará”, Marilda Braga, que esteve presente, as equipes puderam se deslocar até os desabrigados. “A gente também atendeu em escolas municipais e em alguns lugares bem próximos aos abrigos que foram montados pela prefeitura”, informou.

Em diversas ocasiões, a Sespa também contou com o apoio da Polícia Militar, da Defesa Civil e da Secretaria Municipal de Saúde de Marabá para transportar as pessoas até os locais de atendimento.

Para essa ação, a Sespa contou com o trabalho aproximadamente 40 profissionais de saúde. “Então, foi uma ação muito positiva porque nós atingimos o nosso objetivo que era atender a população prejudicada pelos alagamentos”, comemorou.

O secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, disse que a Sespa também está atenta a todas as demandas de emergência da população paraense, por meio de ações itinerantes como essa prestada às vítimas das enchentes em Marabá.  “Não temos medido esforços para garantir atendimento emergencial em diversas situações, oferecendo serviços que aliviem o impacto sofrido pelas famílias paraenses, principalmente, neste momento em que atravessamos o inverno amazônico”, afirmou.

Por Roberta Vilanova (SESPA)