Esquema de segurança garante maior agilidade para o transporte da população nos portos de Outeiro

18/01/2022 14h51 - Atualizada em 18/01/2022 20h58

As forças de segurança do Estado continuam atuando e empreendendo esforços para garantir maior segurança à população de Outeiro, após o acidente ocorrido na manhã do último dia 17 na ponte que dá acesso ao Distrito. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) ativou o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), onde estão reunidos representantes dos órgãos de segurança do Estado e Município, bem como, representantes da Secretaria de Transporte do Estado, ARCON e a Marinha do Brasil.

“Desde o momento que foi dado conhecimento do acidente ocorrido na ponte do Outeiro, o Centro Integrado de Comando Controle Estadual foi ativado. Nele se encontram presentes representantes de todos os órgão do Sistema de Segurança Publica, e também, da Marinha do Brasil, Secretaria de Transporte, órgãos municipais afetos a essa ocorrência. Todos estão aqui reunidos para  somar esforços, com intuito de minimizar as consequências, no sentido de propiciar maior segurança, tanto no transporte de pessoas quanto de veículos de Outeiro para Icoaraci e também no sentido inverso”, ressaltou o secretário Adjunto de Operações da Segup, Cel PM Alexandre Mascarenhas. 

Medidas - A ponte continuará interditada para o tráfego de pessoas e veículos, de acordo com avaliação e análise da Defesa Civil municipal e estadual,  e ainda do Corpo de Bombeiros Militar. A interdição será mantida até que seja emitido laudo técnico que garanta o acesso à ponte. 

“O Estado está mobilizando todos os esforços para que a ponte possa servir a população oferecendo toda a segurança possível. Os órgãos competentes já estão trabalhando nas análises e averiguações técnicas no intuito de solucionar, o mais rápido possível, o funcionamento normal da ponte”, pontuou o coronel Alexandre Mascarenhas 

Segurança -  Os órgãos de segurança, de forma integrada, montaram um esquema de segurança nos portos de embarque e desembarque para garantir o deslocamento seguro do fluxo de pessoas e veículos das embarcações que estão sendo utilizadas para o transporte da população.

Embarcações - A travessia é realizada por meio de duas balsas. Cada uma das embarcações disponibilizadas pela Secretaria de Estado de Transportes (Setran) tem capacidade para transportar 480 passageiros e 65 veículos por viagem.

As balsas possuem todos os equipamentos de segurança necessários e os agentes estão orientando à população para a utilização de máscaras e equipamentos de segurança, a fim de disciplinar e organizar as embarcações.

De acordo com a agência distrital, o distrito de Outeiro possui um população de 80 a 100 mil pessoas que faziam a utilização da ponte para o deslocamento diário na região.

Por Walena Lopes (SEGUP)