HGI encerra gestão de 2021 com quase 100% de satisfação dos usuários

Noventa mil atendimentos aos usuários foram registrados no ano passado

18/01/2022 13h00 - Atualizada em 18/01/2022 14h26

Com uma média de 99% de satisfação de seus usuários, a gestão do Hospital Geral de Ipixuna do Pará (HGI) finaliza o balanço de suas ações em 2021 com o saldo de aproximadamente 90 mil atendimentos mais relevantes para usuários que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS), nos 23 municípios da região do Capim, nordeste paraense.

Um dos marcos da gestão, no ano passado, foi a implantação de atendimento no sistema "porta aberta", durante 24 horas, para ortopedia. A iniciativa é do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), com a proposta de desburocratizar o atendimento às vítimas de acidentes e fraturas na região de Saúde Rio Capim. A ação tem o objetivo de realizar, por mês, 300 consultas ambulatoriais e 80 cirurgias.

De acordo com o diretor executivo da unidade hospitalar, Cledes Silva, a gestão do HGI também ofertou consultas ambulatoriais nas especialidades de ginecologia e de ortopedia, 300 consultas/mês/ cada uma das especialidades.

“É importante destacar ainda nossa gestão por excelência com a conquista do Selo Green  Kitchen, concedido pela Fundação para a Pesquisa em Arquitetura e Ambiente a restaurantes que aprimoram constantemente seu padrão de qualidade em benefício de seus usuários, sua região e seu ambiente social, baseado na ambientação natural, alimentação saudável e com sustentabilidade”, comentou o gestor.

Ele citou ainda outra importante conquista: o Selo Ouro Programa GHG Protocol que é emitido pelo Programa Brasileiro GHG Protocol, da Fundação Getúlio Vargas, concedido a quem divulga, anualmente, inventários sobre emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE).

Com a assistência de baixa e média complexidade o HGI é de suma importância na região com a melhor distribuição dos serviços de saúde, direcionada para uma maior cobertura à população. “Portanto, sendo uma ação descentralizada da gestão da saúde, abrangendo assistência de qualidade e acesso mais próximo”, destacou Cledes Silva.

O idoso de 63 anos, Antônio de Deus Monteiro, 63 anos, de Garrafão do Norte, distante mais de 170 Km de Ipixuna do Pará, é um dos usuários contemplados com a assistência oferecida pelo HGI na região. Ele deu entrada na unidade hospitalar vitima de acidente de trânsito que fraturou a perna esquerda, passou por cirurgia e ficou internado de 14 de dezembro de 2021 ao dia 14 de janeiro de 2022. “Fui muito bem atendido aqui, o médico é muito bom, os técnicos de Enfermagem bem resolvidos, enfermeiros maravilhosos. Temos medicação na hora e a comida muito gostosa”, ressaltou o usuário que internou no HGI beneficiado pelo atendimento sistema porta aberta para ortopedia, porém regulado para cirurgia eletiva para fixação externa em membro inferior esquerdo.

Ele esteve sempre acompanhado de sua filha, Kelle Monteiro, que também fez ellogios e agradecimento ao atendimento destinado ao pai. “Achei esse hospital maravilhoso. Os profissionais são bem humanos, atendem muito bem. A medicação dos pacientes sempre na hora prescrita, os curativos também. Só gratidão”.

Atendimentos

Em 2021, a equipe multiprofissional do HGI garantiu atendimento de 2.141 pacientes/dia, 753 internações, 749 saídos, 8.898 consultas ambulatoriais, 940 atendidos na Urgência/Emergência, 721 cirurgias, 64.567 exames externos, 919 intervenções do Serviço Social e 9.352 atendimento no Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), totalizando 89.040 atendimentos mais relevantes.

Cledes Silva cita que embora tal volume de atendimentos tenha se efetivado em 2021, sabe que ainda há pontos para melhorias, e agradeceu ao Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), pela manutenção do contrato de gestão vigente com o INDSH. “Buscamos promover serviços de saúde de qualidade junto à população de nossa área de abrangência, com uma população estimada em 800 mil habitantes”.

Serviço: O HGI é um órgão do governo do estado, administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

A unidade hospitalar fica localizada na Rua Principal, s/nº, bairro Centro, em Ipixuna do Pará. Mais informações pelo telefone (91) 3811-2631.

Por Vera Rojas (HEMOPA)