Operação da Polícia Civil prende sete pessoas por tráfico de drogas em Maracanã

Durante o cumprimento das buscas nesta sexta (14) foi localizado na residência dos suspeitos diversos materiais ilícitos, como drogas, celulares e uma quantia em dinheiro

14/01/2022 13h36 - Atualizada em 14/01/2022 17h47

A Polícia Civil do Pará, por meio da Diretoria de Polícia do Interior (DPI), deflagrou na manhã desta sexta-feira (14), a operação "Narcos II", para combater o tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico no município de Maracanã, no nordeste paraense. Ao todo, sete pessoas foram presas. Entre os alvos, duas mulheres foram autuadas em flagrante delito.

As diligências iniciaram por volta das 6h, com várias frentes de trabalho para dar cumprimento aos mandados de prisão preventiva, prisão domiciliar e de buscas e apreensão.

“São ações pontuais para dar comprimento aos mandados expedidos pela Justiça. Com esse trabalho, vamos levar mais segurança à população do município de Maracanã e localidades vizinhas”, informou o delegado Paulo Henrique, titular da Superintendência Regional da Zona do Salgado (3ª Risp).

A ação também contou com a participação de agentes da Delegacia de Maracanã, com apoio do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI), da Polícia Civil.

Durante o cumprimento das buscas foi possível localizar na residência diversos materiais ilícitos como drogas, celulares e uma quantia em dinheiro.

Após os procedimentos cabíveis, os investigados foram encaminhados ao sistema prisional do Pará, e estão à disposição da Justiça.

Texto: Talison Lima/Ascom PC

Por Luana Laboissiere (SECOM)