Parque do Utinga alerta para o cumprimento das medidas de prevenção à Covid-19

Gerência da Unidade de Conversação orienta para que visitantes frequentem o local em horários de menor fluxo de pessoas

10/01/2022 11h32 - Atualizada em 10/01/2022 11h50

O Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (IDEFLOR-Bio) reforça aos visitantes do Parque Estadual do Utinga "Camillo Vianna" que, de acordo com o decreto nº2.044/2021, que institui a Política Estadual de Incentivo à Vacinação contra a Covid-19, a entrada no Parque só será permitida mediante a apresentação da carteira de vacinação física ou digital e documento com foto. Informamos os protocolos sanitários para evitar a disseminação da Covid-19, como uso da máscara, evitar aglomeração, uso de álcool em gel devem ser respeitados para garantir a segurança de todos.

O parque possui 4 km de pistas para pedestres e ciclistas, 11 trilhas ecológicas, destas, nove estão abertas para visitação, além de atividades de ecoturismo e turismo de aventura como rapel, tirolesa, boia cross e cicloturismo, além de lanchonetes e lojas de locação de bicicletas. É um local ideal para cuidar da saúde com práticas esportivas e lazer em contato com a natureza, para quem mora ou visita Belém. Para garantir a segurança dos frequentadores, o IDEFLOR-Bio está operando com 50% da capacidade diária, que é de 5.000 visitantes.

Segurança

A presidente do IDEFLOR-Bio, Karla Bengtson, reforça que as medidas se fazem necessárias para garantir a segurança e possibilitar uma experiência saudável a todos dentro da Unidade de Conservação. "Contamos com a colaboração dos frequentadores quanto ao cumprimento dos protocolos de saúde para evitar a disseminação da Covid-19".

O gerente do Parque do Utinga, do Instituto, Ivan Santos, reforça que os visitantes devem seguir as orientações indicadas na placa de sinalização no interior do parque, e não ultrapassar o limite da área permitida à visitação e não permanecer no parque fora do horário de funcionamento. Caso precise de alguma informação dirigir-se ao policiamento ambiental ou pode procurar um de nossos monitores, que trabalham devidamente identificados. O visitante conta também com o Centro de Acolhimento, onde pode registrar qualquer tipo de ocorrência, ou atitude suspeita junto à administração.

Santos, explica que a maior concentração de visitantes se dá somente pela parte da manhã, entre 08h e 11h, e solicita que as pessoas que desejam visitar o Parque o façam em horários diferentes do citado acima, evitando assim um maior número de pessoas no horário citado anteriormente.

O Parque do Utinga é um local ideal para a prática de esportes e lazer, para quem mora ou visita Belém. Com área de 1.393,088 hectares, a unidade de conservação de proteção integral brasileira foi criada em 1993. Localizado no bairro do Curió-Utinga, o parque chega até os limites do município de Ananindeua; abriga uma extensa fauna e flora, além de acolher os mananciais dos lagos Bolonha e Água Preta, responsáveis pelo abastecimento de água de 63% das residências da região metropolitana de Belém.

O horário de funcionamento do Parque permanece o mesmo, das 6h às 17h, todos os dias, exceto às terças-feiras, quando o Parque fecha para manutenção. Uma dica interessante da equipe de gestão do parque, é que você venha nos horários de menor fluxo, que são das 06h até às 08h e das 12h às 17h, evitando assim aglomeração devido ao fechamento dos portões.

Por Aldirene Gama (IDEFLOR-BIO)