Adepará realizou diversas ações e capacitações na área epidemiológica em 2021

Ao longo do ano de 2021, a gerência de epidemiologia realizou workshops, capacitações e ações para o desenvolvimento dos servidores e atuação em campo

03/01/2022 12h24 - Atualizada em 03/01/2022 12h49

Em 2021, a Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará) recebeu 628 notificações de suspeita de doenças de notificação obrigatória em 119 municípios do estado do Pará. Os números refletem o investimento em melhorias e desenvolvimento do trabalho da equipe que, neste último ano, executou quatro workshops, capacitando 152 participantes entre médicos veterinários, autônomos, acadêmicos do curso de medicina veterinária, professores, pesquisadores, servidores públicos dos diversos municípios do estado, já que as oficinas foram todas realizadas no formato on-line. 

A iniciativa dos workshops foi apresentar ao público alvo as principais doenças que são de notificação obrigatória, bem como orientar quanto ao registro da notificação de suspeita de doença para que os técnicos da Agência realizem as medidas de controle e eliminação da doença em tempo hábil. 

A gerente de epidemiologia, Ana Paula Beckman, ressalta as ações realizadas pelo setor no ano de 2021 e as metas para o ano que vem na garantia do melhor desenvolvimento das atividades.

“A gerência de epidemiologia da Adepará, em 2021, realizou várias ações com o objetivo de gerenciar os dados e informações sobre as ocorrências de doenças que são atendidas pelos médicos veterinários do serviço veterinário do estado, bem como realizamos ações de capacitação para justamente melhorar a captação desses dados, dessas notificações que são declaradas pelos produtores rurais, comunicadas por médicos veterinários da iniciativa privada, por laboratórios, instituição de pesquisa, o ensino. Toda e qualquer pessoa que tenha o conhecimento, que fique sabendo de animais com sintomatologia de doenças que são de notificação obrigatória para o Serviço de Defesa Sanitária Animal. Dessa forma, a gente mantém o sistema de informação no estado atualizado e com com os dados para a execução de gerenciamento das atividades que são importantes na prevenção, no controle e na erradicação das doenças”, destacou a gerente. 

Capacitação Continuada

Ações de capacitação continuada também foram realizadas com os servidores da área epidemiológica com o intuito de capacitar, sensibilizar e atualizar médicos veterinários, fiscais estaduais agropecuários, agentes de fiscalização, auxiliares de campo e assistentes administrativos que compõem as Unidades Veterinárias Locais e Escritórios de Atendimento à comunidade em relação aos conhecimentos básicos sobre as ações de vigilância

Elas também são importantes para que esses profissionais desenvolvam habilidades para o registro de notificações de suspeita de doenças no e-Sisbravet - ferramenta eletrônica desenvolvida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para o registro e acompanhamento das notificações imediatas de suspeitas de doenças e das investigações realizadas pelo Serviço Veterinário Oficial (SVO). A capacitação foi realizada no mês de agosto de 2021 e contemplou 122 servidores de 28 escritórios de atendimento e unidades locais da Adepará. 

A Gerência de Epidemiologia da Agência de Defesa Agropecuária tem como objetivo gerenciar os dados e informações sobre ocorrência das doenças atendidas pelo serviço veterinário oficial, bem como pela captação dos casos clínicos declarados pelos médicos veterinários privados, laboratórios, instituições de pesquisa e/ou ensino.

É ela quem mantém o Sistema de Informação Zoossanitária do estado do Pará atualizado, além de apoiar os Programas Sanitários da Área Animal, quando da execução e gerenciamento das atividades de prevenção, controle e erradicação de doenças, desde a coleta, o processamento, análise, avaliação e divulgação dos dados e informações epidemiológicas do estado do Pará, visando a transparência e a sustentação da gestão sanitária e realizações de estudos de prevalência e/ou monitoramento.

A gerência de epidemiologia, no mês de setembro, promoveu no município de Marabá, sudeste paraense, a capacitação de 23 aprovados no 6º Processo Seletivo Simplificado realizado pela Adepará para direcionar e treinar os novos servidores quanto às atividades de defesa sanitária animal que serão desenvolvidas nos municípios de sua lotação.

Por Lilian Guedes (SEDOP)