Seel mantém compromisso com o esporte paraense em 2021

Mesmo com as restrições impostas pela pandemia do Coronavírus, Secretaria seguiu com apoio material a atletas e dando continuidade a projetos e eventos

24/12/2021 14h00 - Atualizada em 24/12/2021 14h28

Um ano de esperança, foi assim que começou 2021. E, apesar dos desafios enfrentados com a retomada das atividades esportivas, a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), conseguiu garantir 400 apoios a atletas das mais diversas modalidades, número acima da meta da Secretaria. Também conseguiu retomar as aulas de projetos sociais e eventos esportivos, de forma presencial.

Um dos apoios foi destinado às Seletivas da Paralímpiadas de Tóquio, evento no qual a importância da inclusão e de mais representatividade no esporte foi reforçada. O judoca Thiego Marques foi um dos contemplados pela Seel para realizar o sonho de participar da competição no Japão, ao lado de integrantes da Seleção Brasileira Paralímpica de Judô.

Vimos as mulheres trazendo seu poder de conquista, como a das meninas do basquete em cadeira de rodas consagradas campeãs brasileiras – totalizando 19 títulos – no Campeonato Brasileiro Feminino de Basquete em Cadeira de Rodas 2021.

“É uma satisfação poder apoiar estes grandes atletas. A Secretaria tem orgulho de poder realizar sonhos daqueles que se dedicam ao cenário esportivo. Além de levar o nome do Governo do Estado, por meio da Seel, para outros lugares”, disse Nivan Noronha, secretário de Esporte e Lazer.

Outro ponto alto de 2021 foi a disputa da delegação de futsal, composta por onze pessoas, nos Jogos Universitários Brasileiros (JUB’s), realizado em Brasília, Distrito Federal, que se sagrou vice-campeã. A equipe ocupou o primeiro lugar no pódio em 2019. Já em 2020, por conta da pandemia da Covid-19, não houve campeonato.

A Seel já iniciou o cronograma da décima primeira edição dos Jogos Abertos do Pará, o Joapa, um evento esportivo promovido pelo Governo do Estado com o objetivo de incentivar a prática esportiva em todo território paraense. No mês de dezembro foram feitas visitas técnicas nas cidades paraenses e Santarém foi o quinto município visitado. A equipe técnica já esteve em Castanhal, Moju, Breves, Bragança e Santarém. No início do próximo ano será o momento de atuar na mobilização nessas cidades.

Outros atletas de diversas modalidades, bem como as Entidades de Administração de Desporto, na qual envolve Confederação e Federação, foram incentivados financeiramente em forma de repasse de recurso, doação de material e prestação de serviços.

 

Projetos­

Com a flexibilização das normas sanitárias, projetos e ações sociais da Secretaria, aos poucos, foram retornando e readaptadas. O projeto “Gol do Brasil”, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em parceria com Seel, voltou com seu atendimento às crianças e adolescentes da rede de ensino pública, entre 6 a 17 anos, no qual além de jogar futebol, os jovens aprendem em aulas teóricas sobre os valores propagados pelo projeto, como as 10 habilidades para a vida, estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Já o projeto “Canoagem Pará” também retornou com suas aulas no município de Portel, região do arquipélago do Marajó. A iniciativa desenvolve aulas de canoagem de velocidade com ênfase na importância social, da educação e do respeito ao meio ambiente para adolescentes e jovens de 13 a 18 anos. No município de São Domingos do Capim foi inaugurado um núcleo do projeto para atender os moradores locais.

 

Bolsa Talento

O apoio material a outros atletas de diversas modalidades, bem como as Entidades de Administração de Desporto, que envolve Confederação e Federação, está entre os pilares da gestão, que reforça a importância financeira em forma de repasse de recurso, doação de material e prestação de serviços.

A Seel também iniciou o pagamento dos 94 contemplados com o programa Bolsa Talento – Ano Base 2017. O objetivo da iniciativa é conceder recursos financeiros a atletas olímpicos, paralímpicos e amadores, em diferentes modalidades esportivas. Foram pagos, na categoria Nacional, o valor de R$ 1.018,67, e na Estadual, o valor de R$ 679,12, além de três técnicos, que receberam R$ 806,40 cada. No total, o benefício foi pago em 12 parcelas.

“Mais uma vez um grande agradecimento ao Governo do Estado, ao programa Bolsa Talento, pela fiel e incondicional parceria do programa, pois nos permite focar nos treinos, tendo a certeza de que estaremos naquela competição”, conta a atleta Hiel Gesã.

 

Eventos

Grandes eventos marcaram o calendário da Secretaria em 2021, entre eles, o “Verão Seel”, ação que levou para as praias dos municípios de Ponta de Pedras, Bragança e Marapanim, atividades de futevôlei, vôlei, queimada, futebol de areia e basquete. Ao todo, participaram 590 pessoas.

Socializar o esporte e movimentar as modalidades esportivas, dando espaço para os atletas paraenses, foi com esses propósitos que a Seel promoveu, no município de Castanhal, o “Circuito Seel de Skate Street”. A competição reuniu 60 competidores de regiões próximas e de fora do estado.

Outra grande realização foi o 1° Passeio Ciclístico, valorizando a prática tanto como alternativa para evitar a aglomeração no transporte público ou como atividade física, demarcando a presença do ciclismo. Na ocasião, cerca de 1.500 ciclistas participaram do percurso que teve início no estacionamento do Mangueirão, com destino à Orla de Icoaraci e retorno ao local da partida. Ao final, foi realizado um sorteio de 10 bicicletas.

Ao longo de 2021, toda a equipe da Seel direcionou seus esforços com o propósito de promover e estimular a prática esportiva de modo a possibilitar a melhoria da qualidade de vida da população paraense, trabalho esse que terá continuidade no próximo ano.

Texto: Bianca Rodrigues/Ascom Seel

Por Luana Laboissiere (SECOM)