Detran incentiva doação de sangue durante programação do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito

11/11/2021 17h36

O Departamento de Trânsito do Estado (Detran) iniciou, nesta quarta-feira (11), uma ampla campanha de doação de sangue em todo o Estado como parte da programação do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito. Celebrada sempre no terceiro domingo de novembro, a data objetiva lembrar das pessoas que perderam a vida em acidentes de trânsito e apoiar os familiares e vítimas que sobrevivem com sequelas.

Este ano, o Detran elegeu como foco a doação de sangue. A gerente de integração educacional do Detran, Celina Koury, explica que em quase todos os casos de acidentes com lesões graves as vítimas necessitam de transfusão, o que torna a doação de sangue um ato imprescindível para ajudar muitas vidas. “Estamos mobilizando todos os nossos servidores, parceiros e o público em geral para aderirem a esse chamado e ajudar o Hemopa a compor um bom estoque de sangue”, comenta.

A programação iniciou na manhã desta quarta, na sede do Detran, com a ação Servidor Doador. Promovida em parceria com a Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa), a iniciativa integra também a programação da Semana Nacional do Doador de Sangue, comemorada no período 20 a 28 de novembro. Desde as primeiras horas do dia, servidores e usuários que procuravam atendimento no órgão, compareceram ao posto móvel do Hemopa instalado na sede do Detran, para realizar a doação.  “Estamos realizando a gincana com as instituições parceiras, tendo em vista a proximidade das festas de final de ano, quando aumenta a demanda por transfusões. No caso do Detran, é uma campanha de repetição, já que é um órgão recorrente na gincana”, afirma a assistente social da Gerência de Captação de Sangue do Hemopa, Vanessa Pimentel.

A servidora do setor de Habilitação, Maria de Nazaré Rodrigues, foi uma das primeiras a doar. “É a segunda vez que participo da doação de sangue por incentivo do Detran. Acho um gesto muito bonito e me senti gratificada por ajudar a quem precisa”, disse a servidora. O aposentado Francisco Oliveira aproveitou a ida ao Detran para regularizar o veículo e também participou da campanha. “Ajudar pessoas que se acidentam é uma questão humanitária. Além disso, ter um posto do Hemopa acessível ajuda a quem quer doar e não tem tempo de ir à sede. Achei bem legal essa iniciativa”, avalia. Ao todo, 45 bolsas de sangue foram coletadas durante este primeiro dia.

A programação do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito continua no período de 16 a 20 com doações de sangue na sede do Hemopa e nos municípios que possuem hemocentros e postos de coleta, a exemplo de Belém, Castanhal, Santarém, Marabá, Abaetetuba, Altamira, Capanema, Redenção e Tucuruí. No dia 17 também haverá uma celebração ecumênica na sede do Detran e abordagens educativas sobre a importância da prevenção de acidentes de trânsito.

Por Leidemar Oliveira (DETRAN)